TV Folclore Portugal

Vídeos in youtube quelhasgoncalves

Loading...

Visualizações ao Blog cultural

Por favor siga as instruções:

Por favor, caso queiram ver as "Mensagens antigas" neste blogue no fim de cada página, CLIC na Página: "Mensagens antigas" e para voltar "Página inicial" Obrigado.
Nota breve: Este blogue é composto por vários Administradores, façam deste espaço o vosso espaço inter-cultural!

sexta-feira, 3 de Julho de 2009

Elo de ligação aos povos de língua portuguesa: O BOM E O MAU DOS BLOGUES!?

Os blogues têm muito mais de negativo do que de positivo, cheguei a essa “fantástica” conclusão após algum tempo a analisar e acompanhar o que se passa e se comenta nos blogues da nossa terra। Tudo pela Póvoa http://tudopelapovoa.blogspot.com/ Vá á bola com o Braga: Sporting Clube de Braga de Zurique GVrreiros do Minho - Zürich, Suíça, Switzerland http://sportingclubedebragadezurique।blogspot.com/ AVANTE! PÓVOA DE LANHOSO - UMA JANELA COM VISTA PARA A VILA DA PÓVOA E PARA A VIDA COLECTIVA DOS POVOENSES! http://avantepovoadelanhoso.blogspot.com/ A PÓVOA EM BOAS MÃOS... - Do povo, para o povo... http://castelodelanhoso।blogspot.com/ Terra das (Marias) da Fonte ou fontanário, história com histórias... http://inovalar।blogspot।com/ O QUE PODE LER DE NOTICIAS DE PORTUGAL CONTINENTAL MADEIRA E AÇORES E DE TODA A COMUNIDADE PORTUGUESA www।portugalmusica।com.pt Post: http://povoadelanhosoacounoseum।blogspot.com/

65 comentários:

Póvoa de Lanhoso a contrariar ou no seu melhor! disse...

Comenta no sentido, que, o sentido te dita! És livre, livre de voar como passarinhos ao vento. Comenta, vais ver que, te cultivas. As tuas opiniões não são válidas se as não puseres em prática. Comenta no bom sentido!

Póvoa de Lanhoso a contrariar ou no seu melhor! disse...

Um novo blogue de discussão, diálogo, e divertimento, só escreve nele quem quer e, só lê nele quem tiver curiosidade. Caso contrário não aceda a este espaço. Todos e quaisquer textos aqui publicados, são de inteira responsabilidade dos intervenientes. Porém, podem, salvo seja, alguns desses textos serem apagados, isto no caso de eles serem de atentado ao pudor ou mal direccionados. Espero não o fazer, mas, no entanto quero reflectir que é um blogue livre e expressamente democrático na constituição da república, livre nas expressões e ideias, espero que o tratem bem… Este blogue é um blogue da Póvoa de Lanhoso como o titulo indica, mas será um blogue nacional e internacional, uma vez que os blogues e, quem anda neles chegam a todo o lado e a todo o mundo, por isso seja prudente, uma vez que toda a gente lê o que escreve.

Póvoa de Lanhoso a contrariar ou no seu melhor! disse...

Os blogues têm muito mais de negativo do que de positivo, cheguei a essa “fantástica” conclusão após algum tempo a analisar e acompanhar o que se passa e se comenta nos blogues da nossa terra.

No blogue “Castelo de Lanhoso”, partidarite pura e dura. Uma promoção constante e evidente de tudo o que se passa em torno da Câmara Municipal e dos seus protagonistas, associado a um constante achincalhamento de tudo e todos que estejam do lado do Partido Socialista (veja-se o exemplo deste ultimo texto publicado nesse blogue, repleto de falsidades e de tentativas descredibilização do PS e do seu candidato à câmara municipal).

No blogue “Avante”, um descontrolo absoluto em que vale tudo o que há de mais negativo e reprovável, não existe moderação dos comentários e fala-se de tudo menos do que realmente deveria ser discutido, a Póvoa e o seu futuro. Como agravante, neste blogue os comentadores foram, ao longo do tempo, perdendo completamente as estribeiras e enveredaram pelo caminho da calúnia e da maldicência, o que obviamente retira, do meu ponto de vista, toda a razão de ser deste suposto espaço de debate.

Pela minha parte, tenho tentado gerir este blogue com imparcialidade total e respeito absoluto em relação aos seus participantes, mas reconheço que não é nada estimulante o exercício de triagem de certos comentários, que evidentemente não publico, tal a baixeza neles descrita.

Talvez esta falta de nível esteja relacionada com o tipo de pessoas que participam nos blogues, com naturais excepções, mas que de uma forma geral fazem com que alguém que perde algum tempo, todos os dias, para gerir um blogue, conclua que não esteja propriamente a dar o seu tempo como bem empregue.

Contudo, uma palavra de agradecimento aos participantes intelectualmente mais honestos, que nos foram brindando com os seus contributos e com o seu amor pela Póvoa de Lanhoso. A todos os participantes, uma sugestão:
Não participem em blogues, ou no que quer que seja, pela negativa. A crítica infundada e barata não dignifica ninguém, nem a vocês, nem à sociedade a que pertencem.

Por último, quero lhes contar um episódio recente da minha vida que interpretei de uma forma especial.
A semana passada fui ver um filme ao cinema, o filme chama-se sete vidas – que já agora aconselho aos entusiastas de cinema – e a determinado momento da película um actor dirigia-se a outro dizendo-lhe que iria ajudá-lo a resolver um determinado problema que o segundo tinha, doando-lhe um órgão que este segundo precisava para sobreviver. O segundo actor, surpreendido, questionou o primeiro sobre o motivo que o levava a ajudá-lo, que tinha ele feito para merecer essa ajuda tão preciosa? O primeiro actor respondeu-lhe que ele merecia ser ajudado, porque "era um homem bom mesmo nos momentos em que ninguém o estava a observar…"

Acho que existem muitas formas de ser um "homem bom", uma delas, poderia ser deixando de alimentar as indecências que emergem nos blogues da nossa terra, tanto deixando de comentar como simplesmente deixando de acompanhar o que lá vai sendo postado.
A partir de hoje, escrevam o que bem entenderem, critiquem o que lhes apetecer, reajam a este texto se lhes apetecer e como lhes apetecer. Da minha parte não terão mais atenção, por uma questão de auto-estima coloco um ponto final à minha participação ou simples visita aos blogues da nossa praça. Assumo esse compromisso de honra comigo mesmo.

Desafio todos os "homens bons" a terem a coragem de agir da mesma forma.
Adeus. Até sempre.

Publicada por Tudo pela Póvoa

Convite de: Autor /Jornalista “Quelhas” disse...

Convido vocês a visitar meus blogues.

http://povoadelanhosoacounoseum.blogspot.com/
http://inovalar.blogspot.com/
http://inspiracaodoautor.blogspot.com/
http://olivrodacrianca.blogspot.com/
http://sportingclubedebragadezurique.blogspot.com/


Podem ver a vida escrita de um autor da província.
Através dos Blogues, podem abrir os Link,s para lerem e analisarem.
Gostaria de pertencer à divulgação do vosso grupo!?

Abraço, “Quelhas” autor povoense, dos emigrantes em Zürich e do mundo…

assim como os blogues, os e-mail,s tb tem coisa fraca! disse...

"assim como os blogues, os e-mail,s tb tem coisa fraca!"

Fundo Fiduciário das Nações Unidas
Suíça Departamento dos Assuntos Humanitários
Palais des Nations CH-1211 Geneva 10
Suíça

Parabéns Beneficiário,

Seu e-mail foi escolhida pela Organização das Nações Unidas (ONU) para conceder um prêmio em dinheiro
De seiscentos e cinquenta mil e quinhentas Great British Pound,
(650,500.00 libras esterlinas) para este Ano 2009 award.Your e-mail foi selecionada durante
nosso e-mail aleatório eleições para o subsídio em dinheiro e se você receber esta
notificação, isso significa que você é um sortudo beneficiário da nossa
numerário conceder award.The autoridades das Nações Unidas decidiu dar este prêmio
a 15 beneficiários de todo o mundo para ajudar a facilitar e melhorar o
padrão de vida para a Comissão de Limites da Plataforma Continental de
Estados em desenvolvimento, especialmente os países menos desenvolvidos e os pequenos Islândia
os Estados em desenvolvimento, e de conformidade com o artigo
76 da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do subsídio é Sea.This sido
auxiliado pelo Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas ea Organização das Nações Unidas confiança
fundos para a alimentação humana security.Your numerário conceder pino número é (UNO-154/4456/011)

Contato Nossa corre escritório (Fundo Fiduciário das Nações Unidas), em
Liverpool, Reino Unido e que dará mais detalhes sobre como os fundos seriam
you.Do transferidos para contactar o nosso escritório pagamento imediato a informações
below.Your conceder números caem dentro do seu Situação arquivo, você é solicitado a
entre em contato com o evento gestor / Departamento de Sinistros, envie a sua identificação vencedora
números e preencha o formulário abaixo verificação, de forma a permitir-lhe verificar as suas alegações.

NOMES DE DÁDIVA 1.FULL Beneficiário :..................
2.RESIDENTIAL ENDEREÇO :........................
3.Data e local de nascimento :.........................
4.WINNING EMAIL :...........................
NÚMEROS 5.PHONE/FAX :............................
E ENDEREÇO DO 6.NAME de parentes próximos :..............
7.SEX :....................
8.OCCUPATION :...................
9.MARITAL Situação :..................
10.COUNTRY :..................
11NATIONALITY :..........

Faça contato com nosso escritório pagamento imediato com as informações abaixo.

************************************************** ****************************
Pagamento Officer: Dr.Nathan Giroux
Diga: 4470359 93503
Email: claims_undept101@live.com

************************************************** **********************
Atenciosamente,
Ruth Williams
Secretário Geral das Nações Unidas

Anónimo disse...

BEM, NA OPINIÃO DO "QUELHAS" O SEU BLOGUE É QUE É O MAIOR. O "CASTELO DE LANHOSO" E O "AVANTE" NÃO VALEM UMA BEATA... O ESPELHO ANDA A ENGANÁ-LO, COITADO...
O BLOGUE DO PSD SEMPRE SE ASSUMIU COMO TAL. O SEU ADMINISTRADOR É O PRESIDENTE DA COMISSÃO POLÍTICA DO PSD. É PERFEITAMENTE NATURAL QUE PUXE A BRASA PARA A SUA SARDINHA...
O BLOGUE DO PCP TAMBÉM NÃO ESTÁ AÍ PARA ENGANAR NINGUÉM. DEFENDE OS IDEAIS COMUNISTAS E TEM UMA VISÃO DE FUTURO PARA A PÓVOA DE LANHOSO, ONDE A SUA PARTICIPAÇÃO NA VIDA PÚBLICA MERECE SER PONDERADA PELOS POVOENSES.
NÃO LHE FICA BEM, SENHOR QUELHAS, DIZER MAL DOS SEUS COLEGAS ADMINISTRADORES DOS BLOGUES DO PSD E DA CDU. ESTIVESSE VOCÊ AO SEU NÍVEL E ESTE BLOGUE PODERIA CONSTITUIR-SE COMO UMA VERDADEIRA ALTERNATIVA DE LEITURA. MAS NÃO SENHOR. ESTE ESPAÇO NÃO PASSA DE UM REPOSITÓRIO DE TEXTOS SEM INTERESSE NENHUM, MAL ESCRITOS E, PIOR DO QUE ISSO, VISAM UNICAMENTE DAR CORPO ÀS TENDÊNCIAS "NARCÍSICAS" DO SEU ADMINISTRADOR...
UM ABRAÇO, AMIGO QUELHAS. VEJA LÁ SE MUDA A SUA POSTURA...

Sabemos k os BLOG,s tem mais de errado k certo! disse...

Sabemos k os BLOG,s tem mais de errado k certo!

Quelhas

Senhor(a) anónimo(a) de: "4 de Julho de 2009 9:22".

O Cavalheiro ou a Senhora que prefere sempre falar no meu nome, nunca assina!?

Claramente que não tenho nada contra os BLOGUES (Castelo de Lanhoso), nem (Avante! PÓVOA DE LANHOSO), caso contrário não os seleccionava no POST deste BLOGUE in-concorrente!

O Blogue, (Póvoa de Lanhoso a contrariar ou no seu melhor) tem um administrador com nome e tem outras raízes que não, os BLOGUES povoenses.

Aliás, tenho e administro actualmente, cinco BLOGUES, dos quais dois deles são do primeiro e segundo livro do autor, um deles será a promoção do terceiro livro, outro é do SC de Braga, mas sou eu que o administro, por fim, este, que tem tido muita aderência.

Sabemos k os BLOG,s tem mais de errado k certo! Não pelos BLOGUES ou por quem os administra!? Mas certamente por pessoas com celebro pequeno de galinha, aconselho ler esse textinho aqui neste BLOGUE...

Dou toda a razão ao BLOGUE da CDU em ter-se redimido, no conteúdo de mensagens livres e dar vós a pessoas que honestamente querem expressar suas ideias.

Dou louvor ao BLOGUE PSD em ser isento de politiquices e dar a liberdade de lá comentar a quem vai lá postar por bem!

O Senhor(a) anónimo(a) de: "4 de Julho de 2009 9:22". Certamente não está atento à mensagem que quis passar?

Em primeiro; O primeiro Post é meu. "Comenta no sentido, que, o sentido te dita!"

Em segundo; O segundo Post é meu. "Um novo blogue de discussão, diálogo, e divertimento, só escreve nele quem quer e, só lê nele quem tiver curiosidade."

Em terceiro; O terceiro Post foi retirado de: "Publicada por Tudo pela Póvoa"

Em quarto; O quarto Post é meu. "Gostaria de pertencer à divulgação do vosso grupo!?"

Em quinto; O quinto Post é meu "assim como os blogues, os e-mail,s tb tem coisa fraca!"

Em sexto; O sexto Post é seu. Não tenho que concordar consigo, mas também não o censuro.

CONCLUSÃO: O Post original foi uma forma gentil de tentar aproximar gentes e culturas através dos BLOGUES, embora reconheça que os BLOGUES tem mais de fraco de que de bom!

Por isso mesmo, no Post que preferi; "assim como os blogues, os e-mail,s tb tem coisa fraca!"

Tudo tem a ver com quem comenta neles e quem manda e-mail,s sem nexo e enganosos, somente isso.

Por isso esteja atento e quando quiser dizer que é melhor que os outros emende-se primeiro, leia, e perceba conteúdos de língua portuguesa...

Com respeito endereço-lhe parabéns pela ousadia e coragem de comentar por cá, mas, de coragem tem pouca, porque não assume um nome para identidade o que deixa muito a desejar.

Fique bem.

Anónimo disse...

sobre o novo forum ontem apresentado pergunto: Que soluções para quem ultiliza o Pav 25 de Abril. Só vão demolir quando dotarem o concelho e a vila de local alternativo. Ou vão matar a pratica a centenas de jovens municipes?

P. Lanhoso: Fórum Municipal pronto em 2010 disse...

P. Lanhoso: Fórum Municipal pronto em 2010

autor: Lurdes Marques

contactar num. de artigos 53
Num investimento de 4 milhões de euros, comparticipado em 70 por cento pelo QREN, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso apresentou o novo projecto que é apelidado, por aqueles responsáveis, como a nova maravilha da Póvoa de Lanhoso. O Fórum Municipal, que integra biblioteca e arquivo municipal, sala multiusos, Loja do Cidadão e espaço de apoio às associações, irá marcar a realidade urbana da Póvoa de Lanhoso, num projecto da responsabilidade do arquitecto Fernando Jorge.

O Fórum Municipal irá nascer na Avenida 25 de Abril, no espaço onde actualmente está instalada a Piscina Descoberta e Pavilhão Municipal, com estes dois equipamentos a serem demolidos e construídos num outro local, numa obra que será também comparticipada financeiramente. De acordo com a autarquia, os actuais equipamentos não respondem às necessidades exigidas, estão obsoletos e têm elevados custos de manutenção. Agregando um conjunto de serviços administrativos, culturais e recreativos, o Fórum Municipal será construído em 2010 e permitirá dar res-posta às várias necessidades dos povoenses, unificando serviços e contribuindo, ainda, para a vila da Póvoa de Lanhoso ganhar uma nova centralidade.

“O projecto será uma mais-valia para a Póvoa e o seu concelho”, referiu o arquitecto Fernando Jorge, que apontou ainda que “o conjunto a edificar forma uma imagem singular, que marcará uma nova realidade urbana para a Póvoa de Lanhoso”.
Trata-se “de um espaço congregador de todas as gentes do concelho” e um “projecto que não é só político mas do interesse de toda a gente”, que “irá reocupar uma zona pouco qualificada sobre o ponto de vista urbano”, acrescentou o arquitecto.


Vinte e nove pilares erguem-se na fachada

O presidente da câmara da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista, mostrou-se orgulhoso pela apresentação do projecto do Fórum Municipal e destacou a reconstrução urbana que tem sido realizada na vila, que tem contribuído para a tornar mais bonita, mais limpa e mais apetecível.
“Para quem muitas vezes nos acusa de não termos rumo, nem termos ideias, aí está a obra”, atirou o presidente da autarquia.
Os Paços do Concelho foram o local escolhido para a apresentação do Fórum Municipal que contou ainda com a visualização de um vídeo sobre a Póvoa de Lanhoso, a apresentação da maquete e de um pequeno excerto da peça ‘Eu Reino’, em exibição no Castelo de Lanhoso.

Edifício e valências

O granito, material nobre da região, e o vidro são dois dos materiais em destaque na construção do Fórum Municipal. Os 29 pilares, na fachada, representativos das 29 freguesias do concelho da Póvoa de Lanhoso são um dos elementos em evidência.
“Os pilares verticais hierarquizam a importância das freguesias do concelho, onde será colocada a heráldica de cada uma delas”, explicou o arquitecto Fernando Jorge.
Os passos perdidos, assim se designa o hall de entrada, ocupam uma área de 415 metros quadrados (m2) e permitem o acesso às várias valências que integram o Fórum Municipal.
Com capacidade para 1200 pessoas, a Sala Multiusos tem a particularidade das suas cadeiras poderem ser removidas e adaptar o espaço a qualquer tipo de evento.
Este espaço possui um palco, co-zinha de apoio e todas as infra-estruturas necessárias para a reali-zação de grandes eventos.
A loja do cidadão, com 512 m2; a Biblioteca Municipal, com 852 m2; o Arquivo Municipal, com 482 m2; e o Espaço de Apoio às Associações, com 379 m2, são outras das valências que integram o Fórum Municipal.

http://www.correiodominho.com/noticias.php?id=10708

Jornadas sobre dignidade e envelhecimento disse...

Fonte: Diário do Minho

Numa organização da Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso, decorre durante o dia de hoje, entre as 9h30 e as 17h00, no hotel rural Maria da Fonte, a quinta edição das Jornadas Medico-Cirúrgicas do Hospital António Lopes, este ano sob o tema "Dignidade e Envelhecimento". Neste espaço de reflexão e debate serão abordados temas relacionados com a dimensão das doenças neurodegenerativas ou a organização estrutural, em Portugal, dos cuidados paliativos. Estarão presentes nestas jornadas cerca de 350 profissionais de saúde (médicos), enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas, etc. Entre os presentes nestas jornadas, destaque para a confirmação de Inês Guerreiro, coordenadora da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.
Foto,
Publicado a 04-07-2009

Jornais diários continuam em descida e económicos sobem vendas disse...

Jornais diários continuam em descida e económicos sobem vendas

Os jornais diários generalistas sofreram todos uma quebra na circulação paga nos primeiros quatro meses de 2009 em relação ao período homólogo do ano anterior, segundo dados da Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação.

Filipe Pacheco
filipepacheco@negocios.pt


Os jornais diários generalistas sofreram todos uma quebra na circulação paga nos primeiros quatro meses de 2009 em relação ao período homólogo do ano anterior, segundo dados da Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação.

O “Diário de Notícias” teve uma queda de 10,41%, tendo sido o título a acusar a maior descida. O DN acabou os quatro primeiros meses do ano com uma média de 40.374 exemplares vendidos face aos 45.063 observados em igual período de 2008.

O “Jornal de Notícias” foi o jornal que acusou a menor descida do segmento (-0,27%), fruto de uma variação média dos 99.044 jornais vendidos em 2009 para os 99.313 de 2008. O “Correio da Manhã”, que mantém a posição de liderança, encerrou os primeiros quatro meses de 2009 com vendas médias de 114.525, o que representa uma quebra homóloga de 2,72% em relação aos 117.722 exemplares vendidos no ano anterior.

Já o “Público” registou uma queda de 6,77%. O título da Sonaecom teve uma média de circulação paga de 38.773 entre Janeiro e Abril de 2009, um valor que compara com a média de 41.588 exemplares vendidos no ano anterior.

Os económicos contariam esta tendência de descida, ao conseguirem subidas significativas nas vendas. O “Diário Económico” verificou uma subida homóloga de 20,8%, enquanto o “Jornal de Negócios” cresceu 14,92%. O título detido pela Ongoing registou entre Janeiro e Abril de 2009 uma circulação paga de 15.878, quando em igual período de 2008 obteve em média13144 exemplares vendidos. O “Jornal de Negócios” vendeu em média 9.720 exemplares durante os quatro primeiros meses do ano, quando em 2008 registou uma média de 8.458 exemplares vendidos durante o mesmo período.

Nos semanários, o “Expresso” e o “Sol” não resistiram à tendência de quebra de vendas verificada na imprensa. O “Expresso” obteve em média vendas de 112.168 exemplares nos primeiros quatro meses do ano, quando neste período de 2008 teve uma circulação paga 129.346 jornais, o que corresponde a uma descida de 13,28%. O “Sol” verificou uma quebra mais significativa, de 18,39%, com uma média de 39.959 jornais vendidos nos quatro primeiros meses de 2009. No ano anterior, o jornal teve um registo de 48.966.

No segmento das revistas de informação, a Sábado foi a única a conseguir subir as suas vendas. Em 2008 vendeu, nestes primeiros quatro meses, uma média de 70.055 exemplares, um valor que comparado com uma média de circulação paga de 79.551 títulos em 2009 dá uma subida percentual de 13,56%.

A Visão acusou uma descida de 5,70% no período em análise. O título da Impresa terminou os primeiros quatro meses do ano com vendas médias de 103.000 exemplares, um valor que compara com uma média de circulação paga de 109.224 revistas vendidas no período homólogo de 2008.

Personalidades da área da Cultura contra falta de atenção governamental disse...

Personalidades da área da Cultura contra falta de atenção governamental

Um grupo de personalidades da área da Cultura pôs a circular na Internet à meia-noite desta sexta-feira um abaixo-assinado contra o que considera ter sido o menosprezo e a inconsistência dos vários Governos desde o 25 de Abril de 1974 em relação à Cultura. A escritora Alice Vieira é uma das subscritoras do abaixo-assinado ‘Uma Cultura para o Século XXI’ e explicou à Antena 1 as suas razões.

Ronaldo: «Estou muito feliz por ser o mais caro jogador do mundo» disse...

Ronaldo: «Estou muito feliz por ser o mais caro jogador do mundo»

APESAR DE LEMBRAR QUE 94 MILHÕES SÃO APENAS UM NÚMERO

Cristiano Ronaldo considera que os 94 milhões de euros pagos pelo Real Madrid ao Manchester United pela sua transferência é um valor "justo".
"Acho que é um apenas um número. Se o Manchester United e o Real chegaram a acordo sobre este valor, não há nada a acrescentar. Os principais jogadores são muito caros e se os quiserem, têm de pagar. Estou muito feliz por ser o mais caro jogador do mundo", disse o internacional português este sábado em entrevista ao jornal espanhol "Marca".

O extremo será apresentado na próxima 2.ª feira no Estádio Santiago Bernabéu e o clube presidente Florentino Pérez revelou este sábado que escreveu na passa 6.ª feira à embaixada de Portugal em Espanha para convidar os portugueses a estarem presentes. De acordo com a "Marca" o estádio estará lotado para ver Cristiano Ronaldo.

Cerca de 50 mil pessoas estiveram na passada 3.ª feira a assistir à apr4esentaçãode Kaká, outras das estrelas contratadas por Pérez para a próxima temporada.

Além de Kaká e Cristiano Ronaldo, o clube contratado o atacante francês Karim Benzema e o defesa espanhol Raul Albiol. Espera-se ainda as contratações do francês Franck Ribéry e do espanhol Xabi Alonso.

Piloto apresenta avião solar para dar volta ao mundo disse...

Piloto apresenta avião solar para dar volta ao mundo

O Solar Impulse tem 63,40 metros de envergadura, semelhante ao um Boeing 747 Jumbo

O piloto e aventureiro suíço Bertrand Piccard apresentou, esta sexta-feira, na base aérea de Duebendorf, perto de Zurique, o primeiro protótipo do Solar Impulse, o avião solar com que pretende dar a volta ao mundo sem escalas. Piccard quer, com esta iniciativa chamar a atenção para o potencial das energias alternativas.

«Ontem era um sonho. Hoje é um avião. Amanhã será o embaixador da energia renovável», disse Bertrand Piccard durante a apresentação, citado pelo jornal espanhol «El País».

Este primeiro protótipo do Solar Impulse tem 63,40 metros de envergadura, mais ou menos o mesmo de um Boeing 747 Jumbo. Tem quatro motores eléctricos e está preparado para voar noite e dia. Parte da energia produzida pelas 24 mil células solares, durante o dia, é armazenada em baterias de alta eficiência para utilização durante a noite.

«Se um avião pode voar noite e dia sem combustível, apenas com energia solar, ninguém pode dizer que é impossível fazer o mesmo com os automóveis, os ares condicionados e os computadores», argumentou Piccard.

Os primeiros voos de teste ainda este ano. Para o ano estão previstos voos nocturnos sobre a Suíça.

Pópulo: Jovem morre com facada no coração disse...

Pópulo: Jovem morre com facada no coração

Braga

Um jovem, de 23 anos de idade, residente em Palmeira, acabou por morrer depois de ter sido agredido com uma faca no coração, ontem de madrugada, numa discoteca da cidade.
Ao que o que o ‘Correio do Minho’ conseguiu apurar, Ricardo Barbosa estava com uma mulher na discoteca, situada no Largo do Pópulo, quando um grupo alegadamente se “meteu” com a rapariga.
Os jovens envolveram-se, por volta das 5.30 horas, numa rixa e Ricardo Barbosa acabou por ser agredido com uma facada no coração. O jovem não se apercebeu da gravidade dos ferimentos, mas acabou por ser transportado para o exterior da discoteca.
O crime surpreendeu os seguranças do estabelecimento que não tiveram possibilidade de o evitar, dado que foi praticado em breves segundos.
A vítima acabou por ser assistida por uma equipa do INEM, que lhe prestou os primeiros socorros no local. O agredido ainda terá entrado com vida no Hospital de S. Marcos, mas acabou por não resistir aos ferimentos provocados pela facada.

Durante o dia de ontem, elementos da Polícia Judiciária (PJ) de Braga tentaram recolher informações no local do crime. Apesar de fonte da PJ apenas confirmar o sucedido, garantindo que estavam & ldquo;a ser efectuadas todas as diligências e a trabalhar no caso para o resolver o mais rápido possível”, o ‘Correio do Minho’ conseguiu apurar que o alegado agressor foi identificado e detido.

Ao que apurámos, a vítima, que frequentava a discoteca às quintas-feiras, era uma pessoa pacífica e nunca se envolvia em confusões. O ‘Correio do Minho’ falou com o proprietário da discoteca, António Peixoto, que preferiu não tecer comentários sobre o assunto, admitindo que “foi tudo entregue à polícia”.

A discoteca possui todos os requisitos legais em termos de segurança, com pessoal licenciado pelo Ministério da Administração Interna, sendo esta a primeira vez, em mais de 16 anos de actividade, que ali ocorre um crime grave de agressão.

O próprio dono do estabelecimento é um especialista em questões de segurança, dado que pertenceu ao corpo especial da PSP encarregado da segurança de personalidades ilustres, caso do Presidente da Republica, do primeiro-ministro e de ministros. Para reforço da segurança, a discoteca havia já pedido, nos termos da nova lei, a presença, a partir de Setembro, de dois agentes da PSP, precisamente para dar mais garantias.

Vaticano - Ossos de um santo ofício disse...

Ossos de um santo ofício

O Vaticano acredita ter encontrado, na segunda maior basílica de Roma,
os restos mortais do apóstolo Paulo, martirizado no século I

Bento XVI anunciou no domingo 28 uma descoberta que lança luz sobre os primeiros anos da Igreja Católica. Amostras retiradas da ossada existente numa tumba no subsolo da segunda maior basílica de Roma foram submetidas a testes de datação, e as conclusões são de que se trata dos restos de uma pessoa que viveu entre os séculos I e II. Elas "parecem confirmar a unânime e incontestável tradição de que são os restos mortais do apóstolo Paulo", festejou o papa. A relevância da descoberta não está em fornecer evidências materiais sobre o homem que expandiu o cristianismo para além das fronteiras estreitas de uma seita judaica da periferia do Império Romano. Não há necessidade disso. A vida e a obra do Apóstolo dos Gentios são as mais bem documentadas entre os primeiros santos do cristianismo. O valor religioso do exame científico está em atestar a consistência da tradição católica e reforçar a Basílica de São Paulo Fora dos Muros como um local de veneração. No século IV, o imperador Constantino mandou erguer a igreja sobre um antigo cemitério romano, do lado externo das muralhas que protegiam a cidade dos bárbaros, exatamente porque o lugar era conhecido como o do túmulo de São Paulo.

Não foi a única novidade sobre o santo. No mesmo domingo, foi revelada a mais antiga imagem de São Paulo, um afresco do século IV encontrado durante as obras de restauração das catacumbas de Santa Tecla, a alguns quarteirões de distância da basílica. A pintura foi descoberta no teto de um pequeno aposento que esteve soterrado por séculos. A identificação do apóstolo foi imediata porque coincide com as características físicas descritas em textos dos primeiros cristãos, como a barba escura e fina na ponta, a calvície, o nariz grande e os olhos expressivos. Um afresco de São Pedro também foi encontrado, mas em muito pior estado de conservação.

Segundo a tradição, a Basílica de São Pedro, no Vaticano, foi erguida sobre o túmulo do primeiro papa. Essa crença foi posta à prova por arqueólogos que exploraram um túmulo existente no subsolo da construção. Submetido a testes de datação, o conteúdo revelou os restos de alguém que tinha entre 60 e 70 anos e viveu no século I. Em 1968, o papa Paulo VI anunciou com estardalhaço que se tratava, sem dúvida, dos restos de São Pedro. Paulo e Pedro foram contemporâneos e ambos morreram como mártires da Igreja. Acredita-se que São Pedro tenha sido crucificado (de cabeça para baixo, segundo a tradição) no ano 64, por ordem do imperador Nero. Graças à cidadania romana, São Paulo escapou da cruz, para ser decapitado em algum momento entre os anos 65 e 67. Reza a tradição que o corpo e a cabeça do santo foram sepultados em locais diferentes – a cabeça estaria na Basílica de São João de Latrão, também em Roma.

Em 2002, ainda sob João Paulo II, arqueólogos iniciaram a escavação do túmulo sob a Basílica de São Paulo, onde descobriram uma urna e uma placa com a inscrição "Paulo Apóstolo Mártir". Eles fizeram um minúsculo furo numa das laterais de mármore e inseriram uma pequena sonda, que recolheu amostras da ossada que está lá dentro. O material extraído foi submetido ao teste de carbono 14, técnica utilizada para calcular a idade de materiais antigos. Junto aos restos mortais foram encontrados também alguns grãos de incenso e dois pedaços de tecido de linho, um de cor púrpura com bordados de ouro e outro azul – ambos identificados como peças luxuosas, o que reforça a suposição da existência de ricos entre os primeiros cristãos.

Lurdes disse...

não haja duvidas, este site tem bastante criatividade, tem informação e tem postura

Anónimo disse...

é preciso rapidamente antes da eleições perceber se a vila vai perder o PAvilhão 25 de Abril, criando um buraco ainda maaior no défice desportivo local.

http://www.espacoportugues.ch/poesia.htm disse...

http://www.espacoportugues.ch/poesia.htm

À Suíça

Ser poeta é ter vida

Ser poeta

é ter vida

é sonhar,

é amar

e crescer

na inocencia,

até chegar à idade maior

e saber que fazer da vida,

ser poeta talvez,

nem que seja simplesmente

por uma unica vez,

em sonho,

por isso vivo a sonhar

na realidade virtual

sonho sim

por ser humano

e mortal

enfim!

sonho...

sonho,

que sou poeta louco

intlectual,

sonho porque tenho vida

soudades de ser poeta

nem que seja apenas por um pouco...

corruptos disse...

Vivemos num pais de corruptos, onde os politicos sao apenas mais uns que metem ao bolso. Somos um pais de ladroes! Pais de faz de contas, parece que ainda no tempo dos Maias, cosmopolitas que afinal de contas so fazem figuras tristes e todos se riem de nós.O povo é o triste do costume, é sempre ao mesmo que pedem sacrificios, mas quem lá está com os bolsos cheios nao se queixa, falar é facil.TGV´S porcarias dessas, preocupem.se em melhorar a qualidade de vida das pessoas, com isso é que vamos para a frente, sem as pessoas nada avança, invistam nelas pois elas é que nos fazem andar para a frente. Se pudesse falar com estes governantes, dizia lhe das boas, mas primeiro dava um bom cachaço a cada um pra ver se acordam!

Jornadas Médico-cirúrgicas debateram envelhecimento disse...

P. Lanhoso: Jornadas Médico-cirúrgicas debateram envelhecimento

autor Lurdes Marques

O doente quando tem limitações perde a dignidade exterior mas conserva, e até enriquece, a sua dignidade intrínseca como ser humano”, disse Daniel Serrão, professor doutor do Instituto de Bioética da Universidade Católica Portuguesa, no Porto, por ocasião da quinta edição das Jornadas Médico-cirúrgicas do Hospital António Lopes,
realizadas no dia de ontem.

Foram cerca de 280 profissionais de saúde que marcaram presença na quinta edição das Jornadas Médico-Cirúrgicas, organizadas pelo Hospital António Lo-pes, da Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso, que tiveram lugar no Hotel Rural Maria da Fonte, em Calvos, onde a questão do envelhecimento e dignidade foram os temas abordados.
Daniel Serrão proferiu a conferência inaugural, durante a qual abordou a questão da ética e dignidade no envelhecimento. “A institucionalização quando é boa faz com que o idoso tenha uma enorme satisfação. A institucionalização não é, à partida, má. Hoje, as instituições são lugares privilegiados para que o idoso seja respeitado na sua dignidade intrínseca”, salientou Da-niel Serrão.

Vincando a importância do tema em debate, e fazendo referência aos doentes de Al zheimer, Daniel Serrão frisou que “a doença retira a capacidade ao doente de comunicar com os outros mas não lhe retira a dignidade. A capacidade de vivenciação emocional nunca se perde”.
“O desafio é que as pessoas vivam mais tempo e vivam com melhor qualidade de vida”, disse Humberto Car-neiro, Provedor da Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso.
“O envelhecimento é um desafio e traz-nos necessidade de resposta”, referiu o provedor da Santa Casa, que deu ainda conta de que “a qualidade das res-postas é uma das preocupações da Santa Casa”.

Quanto às respostas, Humberto Carneiro destacou as 50 camas no Lar de S. José, as 28 camas na unidade de convalescença, às quais se juntam, no início de 2010, as 29 camas da Unidade de Longa Duração.
“Demências - Uma realidade emergente”; “paliativos - A importância do ser”; “Unidades de Longa Duração da RNCCI - O inevitável equilíbrio económico e social”; e “Novos modelos de gestão para a sustentabilidade do terceiro sector” foram alguns dos temas em debate ao longo do dia de ontem no Hotel Rural Maria da Fonte, na freguesia de Calvos.

SUB: um apelo aos pais e professores. disse...

Queridos pais e professores,

Não basta ser bom, é preciso também apresentar as
Caminho certo para outras pessoas que aconteceria noutras circunstâncias Evil.

Você sabe que para eliminar todos os tipos de vícios de
o mundo e para promover a boa é da responsabilidade
de cada pessoa. Todos entre nós é um zelador
e é responsável pelos seus subordinados, no Dia
do Juízo. Réguas serão responsabilizados pelos
cidadãos do seu estado, cada chefe Família será
contas para os membros da sua família e vai
ser perguntado sobre o que ele fez para a sua reforma,
educação e vida melhor. Ele será convidado a
se ele proibi-los de adoptar os maus caminhos,
e ajudou-os em uma liderança piedosa vida ou não.

A história mundial revela que, até que o povo
realizada a tarefa de comandar os outros a fazer
impedindo-os de bom e fazer o mal, a piedosa
pessoas permaneceram dominantes nessas sociedades e ali
era a paz e tranquilidade e satânicos eram forças
moderada. Mas, quando isso é responsabilidade colectiva
agora designado apenas para clérigos, e as pessoas comuns
ter ignorado essa tarefa, apesar dos esforços da
os clérigos, waywardness está se espalhando rapidamente. Uma onda
de delitos, o terrorismo, a tirania, males, pecados,
ignorância e anarquia ter envolvido quase todos os
segmento da vida. Desordem, tumulto e caos estão na
o aumento da sociedade mundial, destruindo a paz de
toda a humanidade.

O mundo está a enfrentar desastres sobre desastres todos os dias
e as pessoas estão esperando uma grande catástrofe. O
ações que têm sido proibido por Deus estão sendo
empenhado abertamente. Os males estão a aumentar, enquanto o
virtudes são fading gradualmente. Tirania, opressão
e carnificina estão acontecendo, são mentirosos e cheats
superação. Terrorismo, o suborno, a corrupção, o mal,
nudez, vulgaridade e impiedade ter agredido o
mundo. Parece que temos alcançado antes do inferno
Último dia.

Teme-se que os membros das gerações anteriores
será responsável pelos seus actos individuais sobre a
Dia do Juízo, mas actual geração será
jogado como um todo no inferno depois de uma coletiva
repressão, porque a Nobles, professores e os
PARTENTS desta geração que permaneceu silenciosa
espectadores em vez de dominar os pecadores,
Os terroristas e separatistas de cometer, crueldade,
Pecados e erros.

Faço um apelo aos nobres do mundo e, especialmente,
os professores e os pais que devem conduzir
as pessoas para o caminho certo. Eles devem realizar
esta tarefa com plena determinação e só então será
as suas virtudes e orações recompensá-los no Dia da
Acórdão.

S. A. Rehman
Paz activista
PAQUISTÃO

O Paraíso ...( Vão voces que eu vou lá ter) disse...

O Paraíso ...( Vão voces que eu vou lá ter)

Fui brutalmente acordada, com o toque da campaínha e o ladrar da minha cadela.
Ainda fingi que não a tinha ouvido, na esperança que alguém fosse abrir a porta, mas a chinfrineira continuava,motivo que me levou a pensar que talvez,estivesse sozinha em casa. Arrastei-me ate à porta enquanto lançava uns palavrões. Quando abri a porta e vi aquilo que me pareceu ser duas testemunhas de jeová, lutei interiormente para não ter um ataque de fúria.


Jeová: Bom dia jovem, podemos falar dois minutinhos ?

Eu: Hummm, se for rápido... ( estava acordar não consegui pensar em nenhuma desculpa )

Jeová: Acredita em deus? (tive aqui a confirmação que de facto, eram mesmo testemunhas)

EU: Não. Nem em Deus, nem em milagres, nem na reencarnação.

Jeová (cara de parva)

Eu: (já que me acordaram vão levar com o mau feitio ) só em pensamento

Jeová 2: A menina não gostava de saber mais sobre a origem da vida? sobre o inicio de tudo? e o dia do juízo final?

Eu: Não, porque eu já sei. Sei que segundo versão das senhoras o mundo vai pelos ares, mas renascerá com milhões de mortos que voltarão a ter vida. Na minha versão as pessoas morrem e são comidas por bichos. (Sorriso muito parvo)

Jeová: Mas há outras realidades, podemos deixar-lhe esta revistinha....tem aqui... ( interrompo-a) ...

Eu: (já a perder a paciencia, mas de sorriso de orelha a orelha) podem, mas se me derem tempo de procurar uma também para as senhoras da National Geographic.

Jeová: (sorriso amarelo apercebendo-se que não as estava para aturar )

Eu: (sorriso triunfante por finalmente me vingar, por me terem acordado )

Jeová: Então bom dia e desculpe.

Eu: Adeus, tenham um bom dia!

Sim, eu sei que tenho por vezes este mau feitio. Mas acordarem-me pra falar de religião? por amor da Santa!!! eu não vou à missa nunca rezei o terço, só me confessei uma vez, e porque fui obrigada (pra fazer a primeira comunhão). Se o inferno existe, eu vou lá parar, de certeza. Ao contrario de todos aqueles que me aturam. E já que vou para o inferno e vou, acho que tenho o direito de ser mazinha para as pessoas que me vêm acordar e tentar impor as suas crenças. Eu não fui mal educada, apenas usei o sentido de humor, até respeito e acho fofinho pessoas acreditarem que vão voltar a viver, em vez desta minha crença de que vou ser alimento para minhocas. Mas por favor, eu não ando para aí a bater de porta em porta a chatear as pessoas para não acreditarem em deus! Estou mal disposta! detesto que me acordem! odeio o latir da minha cadela!

Real Madrid: 80 mil gritam Ronaldo disse...

O Santiago de Bernabéu ficou lotado. 80 mil adeptos do Real Madrid foram assistir à apresentação oficial de Cristiano Ronaldo que cumpriu «um sonho de criança».

Florentino Pérez serviu de mestre-de-cerimónias e quando chamou Cristiano Ronaldo a assistência gritava o nome do jogador português. Cristiano, com a camisola número 9, entrou sorridente, agradeceu os aplausos e, emocionado, improvisou a primeira declaração aos adeptos do Real Madrid.
Disse estar muito feliz por vestir a camisola do Real Madrid, «não esperava o estádio cheio e cumpri um sonho de criança». Terminou com um repto aos adeptos, todos juntos a gritar "hala Madrid".
Florentino Pérez, ladeado do presidente honorário, Alfredo di Stéfano e de «um dos melhores símbolos do futebol português e europeu, o mítico Eusébio», já se encontravam no palco, colocado no relvado, quando Cristiano Ronaldo foi chamado.
O presidente do Real Madrid classificou Ronaldo como «um dos eleitos do futebol mundial» e, perante os 80 mil adeptos, disse-lhe que «eles te pedirão o máximo e também te darão tudo».
Pérez agradeceu ainda aos adeptos portugueses que estiveram presentes no estádio.

As portas do Santiago Bernabéu abriram pouco depois das 18h, em Portugal.
Milhares de pessoas já aguardavam numa longa fila e, alguns minutos antes das 20h, algumas das poucas cadeiras vazias foram ocupadas por espectadores.
Estima-se a presença de 80 mil adeptos, a lotação esgotada no estádio, o que constitui um novo recorde de assistência a uma apresentação oficial de um jogador de futebol.

Ângela disse...

Citando Angela Ermelinda Tinoco Gonsalves
angela_gonsalves_5@hotmail.com:

Quelhas autor povoense

Ver a vida literária do autor mais fraco da actualidade para quem o preferir!

Abra os Blogues e dentro deles tem os Link,s de toda a história do autor-nato povoense, dos emigrantes em Zürich e do mundo...

http://inovalar.blogspot.com/
http://olivrodacrianca.blogspot.com/
http://inspiracaodoautor.blogspot.com/
http://povoadelanhosoacounoseum.blogspot.com/
http://sportingclubedebragadezurique.blogspot.com/

Obrigado, comentem a vossa opinião, ela conta sempre, para um escritor saber as ideias dos leitores. Adeus amigos.

FÓRUM, O RISCO DA DATA 2010... disse...

A PROSSECUÇÃO DE NOVAS INSTALAÇÕES DESPORTIVAS (PISCINAS, PAVILHÃO, COURTS), PRIMEIRO, E DO FÓRUM MUNICIPAL, ESBARRA NUM SENÃO: A DATA 2010...


SE O PRESIDENTE MANUEL BAPTISTA GARANTE PROJECTOS, APOIOS, APROVAÇÕES E OBRAS, EM DEVIDO TEMPO, PARA ARRANCAR, PELO MENOS, O FÓRUM MUNICIPAL EM 2010, FICAM ESCLARECIDAS AS DÚVIDAS...


POIS, DEPOIS DA MERITÓRIA APRESENTAÇÃO DO PROJECTO DO FÓRUM MUNICIPAL NÃO PODE FICAR NA OPINIÃO PÚBLICA POVOENSE A "DÚVIDA TERRÍVEL" DE QUALQUER LIGEIREZA POLÍTICA...


OU SEJA, TER-SE ADMITIDO A CONSTRUÇÃO DO FÓRUM MUNICIPAL EM 2010, SEM TER GARANTIDOS PROJECTOS, APOIOS, ESPAÇOS DISPONÍVEIS E UM CABAL CONHECIMENTO CRONOLÓGICO DAS OBRAS DAS NOVAS ESTRUTURAS DESPORTIVAS...


E, ACREDITANDO NÃO TER HAVIDO "LIGEIREZA POLÍTICA", PELA ESTIMA AO PRESIDENTE MANUEL BAPTISTA E CRENÇA NA GESTÃO MUNICIPAL, COMO "A MULHER DE CÉSAR", ERA TEMPO DE OS POVOENSES VEREM QUE O PROJECTO DO FÓRUM PARECE TOTALMENTE SÉRIO...

HAJA LATA disse...

Este espaço está reservado, é pessoal e intransmissível.

(Isto no caso de alguém querer comprar ou copiar)

Dedica-se exclusivamente a tratar de assuntos que deambulam nestas páginas do Windows Live Spaces

Sabem aqueles assuntos que todas as pessoas falam “à boca fechada” mas ninguém denuncia publicamente?

Aquelas cópias de poemas originais assinados por outros? Aquelas intrigas e artimanhas de pessoas que não tendo conseguido vencer no mundo real aqui descarregam as suas frustações? Aquelas falsidades que encontramos todos os dias por detrás de espaços muito sensuais e perfeitos de figuras angélicas que quando entramos mais profundamente se tornam em autênticos diabinhos? E tantas, tantas outras que ao longo do tempo analisaremos!

E, quando pensar que já viu e ouviu tudo por aqui, desengane-se

O tanto que ainda falta ……..

Deixe-nos sempre a sua opinião, por aqui sim é o local indicado para dizer tudo o que quiser

Desiniba-se e chame os “bois pelos nomes”!!!!!

Sejam bem-vindos!!!!

Se não se sentir bem, talvez não seja o local certo para si!

Provavelmente será melhor continuar no seu buraquinho húmido onde se refugia e ainda consegue atrair algumas presas

http://cid-17b075d9ba689b63.profile.live.com/

Jornal Maria da Fonte disse...

CASTELO DE AREIA

Limpeza das estradas

Em algumas freguesias do concelho a limpeza das estradas nacionais e municipais deixa um pouco a desejar. Quem transita a pé em alguns locais do nosso concelho, vê-se impedido de o fazer pela berma devido às ervas que se encontram ao longo das vias.
Na Estrada Municipal 205, próximo do cruzamento de ligação a S. João de Rei, a paragem dos autocarros, que necessita de uma intervenção urgente, encontra-se rodeada de ervas de tamanho considerável, que quase envolvem aquela estrutura. Autarcas e populações reclamam a limpezas das estradas nas suas freguesias.



CASTELO

Feira da Primavera


Cada vez mais, a Feira da Primavera do Agrupamento de Escolas do Ave, realizada na Escola EB 2,3 de Taíde, assume-se como uma das actividades mais marcantes do ano lectivo e um ponto de passagem obrigatório. Pais, alunos, professores e auxi-liares unem esforços para proporcionar uma feira que ganha cada vez mais projecção a nível concelhio e não só. Dos quintais, dos pais e familiares dos alunos, vêm as hortaliças e os produtos agrícolas muito procurados por quem ali se desloca. O envolvimento de toda a comunidade escolar do Agrupamento do Ave, nesta iniciativa, merece os nossos parabéns

Porto d’Ave disse...

A.F. Braga: divisão de honra
Porto d’Ave prepara
ataque à próxima época

Com João Fernando no comando da equipa técnica, o Grupo Desportivo Porto d’Ave está a preparar o ataque à próxima época. Sob a direcção de Miguel Pereira, o clube axadrezado já assegurou a contratação de Manaus, ex-Martim, que foi o segundo melhor marcador da Divisão de Honra, para o sector mais avançado da equipa. A entrada deste avançado vem colmatar a saída de Filipe Ferreira, que colocou um ponto final na sua carreir futebolística. Paralelamente a Manaus, o Porto d’Ave contratou o guarda-redes Pedro, ex-Gerês. Do plantel da época passada transitam 16 atletas, sendo eles:
Clemente, Ricardo Jacques, Serginho, Daniel, Pedrinho, Nuno, Luís Manuel, Freitas, Rique, Careca, Meira, Neves, Vítor, Vitinha e Zé Carlos, estando neste momento o plantel constituído por 18 atletas, aos quais se deverá juntar um médio para o grupo estar completo.
Seis atletas, vindos das cama-das jovens do clube, deverão integrar os trabalhos da pré-época, para lutar por um lugar no plantel axadrezado Professor Jorge Martins

‘Eu Reino’ em homenagem disse...

‘Eu Reino’ em homenagem a D. Afonso Henriques

O Centro de Criatividade da Póvoa de Lanhoso antecipa as homenagens aos 900 anos de Afonso Henriques, primeiro Rei de Portugal e apresenta, no dia 24 de Junho, o espectáculo teatral: EU REINO! – Uma vez mais o Castelo de Lanhoso receberá luz e magia, será palco de grandes emoções, ali se viverão momentos únicos que dificilmente se podem repetir. A história da vida do primeiro rei de Portugal, Afonso Henriques, promete ser um hino lusitano, homenagem a todos, ao reino, à pátria, à nação, ao sentido universal de ser português.
“EU REINO” será um espectáculo teatral que vai mais além do que contar a história da história, que procura desvendar os mistérios da alma do homem que emprestou a sua vida para construir a primeira nação da Europa.
EU REINO é a visão poética da verdade histórica que se transforma numa belíssima ficção sobre a vida do homem e do rei. As visões de um Afonso Henriques desde criança, a corte, as intrigas, a preparação de um cavaleiro, a disputa do poder com a mãe Dona Teresa, os amores de um jovem adolescente, o amor que lhe mostra a outra cara daquele que viria a ser o seu povo, a grande batalha de São Mamede, a memória da força de uma mãe que lutava para defender o seu reino, a ausência do pai, a luta de um homem contra a morte, contra o invisível, o pacto com a vida e com todos os mistérios que lhe dão a força e a coragem para vencer, a batalha sobrenatural de Ourique, o casamento imposto pela igreja, a velhice, sua relação com a filha, Teresa, último amor do velho rei, o saber aceitar que o seu reino é feito por todos os que nele vivem, onde todos os deuses são iguais e merecem o mesmo respeito, um reino que nasce com a fusão das culturas, com a mistura das identidades, dos sonhos e da vontade eterna de sentir a alegria da saudade.
Esta é a história que pretende encantar, enfeitiçar e dar cobrir de magia o Monte do Pilar, desde o dia 24 de Junho até ao final do mês de Agosto. (...)

Marcadores: casa da botica, centro de criatividade, d. afonso henriques, teatro

Portugal é 30º do mundo disse...

Portugal é 30º do mundo na abertura ao comércio internacional

António Eduardo Ferreira

Portugal ocupa o 30º lugar, entre 121 países analisados, num índice do Fórum Económico Mundial sobre abertura e competitividade no comércio internacional.
Enquanto Portugal ocupa o 30º lugar (com 4,63 pontos, numa escala cujo máximo é 7), atrás da Espanha (27ª, com 4,72 pontos), o índice global ETI é liderado por dois países asiáticos: Singapura e Hong Kong, respectivamente, com 5,97 e 5,57 pontos.

O relatório «The Global Enabling Trade Report 2009», divulgado esta terça-feira, estabelece um Enabling Tradinng Index (ETI) com base em quatro grandes áreas, que incluem diversas variáveis, cada uma traduzindo maior ou menor (des)vantagem competitiva.

Esta ferramenta é dividida em quatro áreas: acesso ao mercado, gestão de fronteiras, infra-estrutura de transportes e, por último, comunicações e ambiente empresarial.

Outros países como os EUA aparecem no 16º lugar, a Irlanda obtém o 15º postos, a França surge em 17º, a Alemanha como a 12ª e a Holanda é 10ª no índice global dos mais abertos ao comércio.

Bento XVI disse...

Bento XVI advoga nova ordem política e financeira internacional

Terceira encíclica do Papa pede autoridade política mundial para governar a globalização e superar a crise

AIS ajuda Igreja na Ucrânia

Tanto política como economicamente, a Ucrânia atravessa uma profunda crise: as forças que se propõem reformar este estado da Europa Oriental e tornar possível a sua entrada na União Europeia estão em oposição entre si e as disputas com quem deseja manter ligações fortes com a Rússia contribuem para a estagnação do país. Perante este cenário, as Igrejas cristãs têm uma especial responsabilidade.
As suas iniciativas sociocaritativas e pastorais, e a cooperação fraterna entre as diferentes confissões fortalecem a coesão social nestes tempos difíceis. A maioria dos ucranianos pertence às Igrejas Ortodoxas dos Patriarcados de Kiev e Moscovo. Quase 10% dos 46 milhões de ucranianos são greco-católicos; cerca de 5% são católicos romanos; 2,7% são evangélicos e os muçulmanos representam aproximadamente 4%. Além disso, na Ucrânia vivem mais de 100 mil judeus.

Para o Bispo Auxiliar Católico da Diocese de Kiev, D. Stanislav Shyrokoradiuk, as Igrejas enfrentam desafios: "Podemos fazer muito. A fome espiritual é enorme, e após décadas de opressão podemos, finalmente, trabalhar livremente". O prelado afirma também que muitos adultos se estão a baptizar e que os intelectuais voltam a descobrir a Igreja.

Segundo D. Stanislav Shyrokoradiuk, as relações com as restantes Igrejas cristãs e os crentes de outras religiões são positivas. Na sua opinião, contribuiu para isso o facto de que, até aos anos 80, todos os grupos religiosos sofreram perseguição na União Soviética. Actualmente, a política demonstra abertura em relação às Igrejas: já foram restituídos alguns terrenos e edifícios expropriados durante o comunismo, e está a estudar-se a forma de implementar uma disciplina de ética cristã nas escolas.

Há sinais de solidariedade, também do estrangeiro. Por exemplo, a Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) apoia na Ucrânia vários projectos pastorais das Igrejas Greco-Católica e Católica Romana. A sua ajuda é destinada à construção de estruturas paroquiais nas zonas da diáspora, à produção e distribuição de livros e material destinado à educação religiosa, e à emissora de rádio Voskresinnya. Outro ponto importante é a formação básica e contínua de sacerdotes, religiosas e catequistas.

D. Shyrokoradiuk sublinha a importância da formação dos futuros sacerdotes: "No tempo da União Soviética, muitos sacerdotes foram deportados para a Sibéria e apenas seis regressaram depois da morte de Estaline." Aos que desejavam ser sacerdotes era colocado todo o tipo de impedimentos. O próprio D. Shyrokoradiuk teve de esperar vários anos até obter, em 1979, autorização para ingressar num seminário. Não pôde fazê-lo no seu país, só em Riga (Letónia). Entretanto, a Igreja Católica Romana já dispõe de três seminários na Ucrânia.

Departamento de Informação da Fundação AIS

Estudos sobre os jornalistas portuguesesInserido disse...

CONSULTE: http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=96&did=61905

Especialmente para ti! disse...

UM AMIGO...

Ajuda-te

Valoriza-te

Respeita-te

Acredita em ti

Nunca te goza

Compreende-te

Nunca se ri de ti

Aceita-te como és

Eleva o teu espírito

Caminha a teu lado

Perdoa os teus erros

Admira-te no teu todo

Acalma os teus medos

Oferece-te o seu apoio

Ajuda-te a levantares-te

Diz coisas lindas sobre ti

Ama-te por aquilo que és

Explica-te o que não entendes

Diz-te tudo sobre o teu coração

Entrega-se-te incondicionalmente

Diz-te a verdade, quando precisas ouvi-la

Grita-te, se necessário quando não queres 'ver' a realidade

Se tens amigos(as) manda-lhes isto... e se não regressar é porque não tens amigos verdadeiros...

Esta, é uma mensagem para descobrires quantos amigos tens!

Não te importes se ninguém te reenviar isto, porque...
alguém já se lembrou de ti!

EU

Quando receberes isto deves enviá-lo imediatamente a pelo menos 10 pessoas, inclusive à pessoa que to enviou.

De um amigo!

Michael Jackson: um último adeus para todo o mundo disse...

Michael Jackson: um último adeus para todo o mundo

Os filhos de Michael Jackson subiram ao palco. A filha, Paris Michael, fez uma sentida homenagem ao Rei da Pop

(Com vídeo) Às 10.30 em Los Angeles (18.30 em Lisboa), os irmãos de Michael Jackson transportaram a urna até ao palco do Staples Center, que então recebeu a última homenagem ao rei da pop, momento transmitido para todo o planeta, e assistido por milhares de admiradores. De políticos como Martin Luther King III até à actriz Brooke Shields, muitos foram os que ontem participaram na despedida a Michael Jackson

Milhões de pessoas em todo o mundo acompanharam ontem, via televisão ou Internet, a última homenagem a Michael Jackson. Família, amigos e muitos admiradores disseram o último adeus ao rei da pop no Staples Center, em Los Angeles, numa cerimónia pública onde se recordou a música do cantor entre muitas palavras sentidas.

Horas antes, os familiares e amigos mais próximos do cantor (cerca de mil pessoas) tiveram outra oportunidade de se despedir, numa cerimónia fúnebre privada, que decorreu no Forest Lawn Park, perto de Los Angeles. O cortejo que levou a urna onde se encontrava o corpo de Michael Jackson foi fortemente protegido pela polícia local. Estradas foram cortadas. E à volta do Staples Center foi até criado um perímetro de segurança. E feitas as contas, foram necessários entre 1,4 e 2,8 milhões de euros parar garantir a segurança a esta cerimónia de despedida e tributo ao rei da pop.

Apenas 20 mil pessoas assistiram ao vivo à homenagem, mas as imagens chegaram em directo a todo o mundo.

Por volta das 10.30 de Los Angeles (18.30 em Lisboa) os irmãos de Jackson transportaram a urna banhada a ouro até ao palco do Staples Center, enquanto um coro religioso dava início a uma série de actuações de homenagem ao cantor. Cada um dos irmãos envergava uma luva com diamantes, tal como a que celebrizou Michael Jackson nos anos 80.

Mariah Carey foi a primeira cantora a pisar o palco do auditório de Los Angeles, para interpretar uma versão de I'll Be There, em dueto com Trey Lorenz. Lionel Ritchie, Jennifer Hudson ou Stevie Wonder foram outros entre os que juntaram a sua voz à cerimónia.

Entre as várias celebridades presentes notaram-se dois filhos de Martin Luther King, Martin Luther King III e Bernice King. O primeiro disse aos milhares presentes: "Acredito que no dia 25 de Junho o céu e a terra pararam para dizer - aqui viveu um grande artista". Bernice comparou-o mesmo a Luther King: "Ele era uma luz brilhate, tal como o nosso pai".

Um dos discursos mais emotivos foi certamente o de Berry Gordon Jr, patrão da Motown, para quem Michael gravou ainda em criança: "Sinto que o título de rei da pop não era suficente para ele". Já o reverendo Al Sharpton, amigo de longa data de Jackson, falou directamente aos três filhos do cantor: "Não havia nada de estranho no vosso pai". E perto do final, Paris Katherine Jackson, filha do cantor, com 11 anos, disse, entre muitas lágrimas, que Michael Jackson foi "o melhor pai que alguma vez possam imaginar" e acrescentou: "apenas quero dizer que o amo muito". Paris Katherine Jackson falou depois dos discursos de Jermaine e Marlon Jackson (irmãos do cantor), que se mostraram visivelmente emocionados.

Antes, Smokey Robinson leu discursos de personalidades como Nelson Mandela ou Diana Ross, que não puderam estar presentes. Quem também não esteve no Staples Center foi Debbie Rowe, que foi casada com Jackson entre 1996 e 1999. Antes dos últimos discursos, familiares, amigos e algumas celebridades subiram ao palco para cantar em coro Heal the World, tema que Jackson celebrizou no álbum Dangerous, já nos anos 90.

A homenagem emocionada da filha, Paris Michael

Será o fantasma de Michael Jackson? (VÍDEO)

A homenagem emocionada da filha, Paris Michael disse...

A homenagem emocionada da filha, Paris Michael

Será o fantasma de Michael Jackson? (VÍDEO)


DESTAQUES DA SECÇÃO Música

08-07-09 Será um fantasma?

08-07-09 Um último adeus para todo o mundo

07-07-09 Homenagem a Michael Jackson

07-07-09 "Rei da Pop", de Jackson, é um dos mais vendidos no Japão

07-07-09 Um funeral privado e um adeus público para Jackson

06-07-09 Juíz afasta mãe de Jackson da administração dos bens do cantor

06-07-09 Compositores dos Abba em concerto

06-07-09 Mafalda Arnauth canta na Finlândia

06-07-09 Roberto Carlos esgota Maracanã

06-07-09 Tito Paris e Metropolitana em Cabo Verde

Português investiga vacina do HIV disse...

Português investiga vacina do HIV

Ciência

Especializado em Química Biológica, Gonçalo Bernardes surge aos 29 anos ligado à investigação das vacinas do HIV e malária. Depois de Oxford e Zurique, o cientista vai pesquisar em Portugal o uso de monóxido de carbono no tratamento de inflamações.

Natural de Torres Vedras, Gonçalo Bernandes é licenciado em Química pela Faculdade de Ciências de Lisboa e doutorado em Química Biológica pela Universidade de Oxford, Reino Unido, onde chegou em 2003.

Em Oxford, integrou o grupo do professor Ben Davis, que pesquisa novos métodos para a manipulação e síntese de proteínas e açúcares, mantendo-se ainda hoje como investigador convidado deste grupo, colaborando activamente com a International AIDS Vaccine Initiative (IAVI).

"A química que desenvolvemos em Oxford permite a construção de conjugados (grupos) de proteínas homogéneos e está a ser aplicada no estudo de processos biológicos, como a regulação genética ou a construção de vacinas", diz Gonçalo Bernardes à Agência Lusa.

"As estratégias actuais para o desenvolvimento de conjugados de vacinas resultam numa mistura heterogénea, que é depois a base para estudos imunológicos. Basicamente é uma grande misturada. Queremos ter acesso a essas vacinas de uma forma pura, homogénea para compreendermos a relação entre a estrutura e a resposta imunitária", sublinha, lembrando que a técnica se aplica de igual forma à vacina do HIV ou da malária.

"O que estamos a tentar produzir em laboratório é um espaço muito específico numa certa zona da proteína, modificá-la e introduzir as moléculas de modo a obter uma resposta imunológica muito melhor", explica.

Depois de Oxford, Gonçalo Bernardes integrou o grupo de investigação que criou em 2002 a vacina da malária, liderado pelo professor Peter Seeberger, do Laboratório de Química Orgânica do Instituto de Tecnologia de Zurique.

"A química que desenvolvi em Oxford esta a ser usada de modo a criar uma vacina (da malária) análoga e pura, mas mais potente", diz.

Sobre a possibilidade de obter uma vacina eficaz contra o HIV nos próximos anos, o cientista lembra que estes processos são "muito longos" e que é impossível avançar uma data.

Após uma passagem curta por Berlim, o cientista está de regresso a Portugal para integrar a equipa de investigadores da recém-criada empresa de biotecnologia Alfama, que desenvolve compostos biofarmacêuticos para fins terapêuticos à base de monóxido de carbono (CO), nomeadamente no tratamento de inflamações.

Apesar de considerar que não é regra ter que sair de Portugal para conseguir fazer investigação, Gonçalo Bernardes lembra as dificuldades que sentiu quando chegou a Oxford e percebeu que a sua formação "era fraca", quando comparada com os restantes investigadores.

Segundo o cientista, quer seja em Portugal quer no estrangeiro, a chave do sucesso passa por "trabalhar muito, ter humildade para fazer perguntas e ouvir o que as outras pessoas têm para ensinar".

Para o futuro, o grande projecto é criar o seu próprio grupo de investigação na área da modificação de proteínas aplicada à criação de vacinas.

Gonçalo Bernardes foi um dos portugueses residentes no estrangeiro nomeado para a edição deste ano dos Prémios Talento, promovidos pela secretaria de Estado das Comunidades.

Estudos sobre os jornalistas portugueses disse...

Comunicação, jornalismo, ambiente, saúde. A estas áreas de investigação sociológica, José Luis Garcia juntou a biotecnologia como matéria de análise sociopolítica. E hoje lança o livro “Estudos Sobre os Jornalistas Portugueses”.

Concluído o doutoramento, o sociólogo José Luís Garcia regressa aos textos sobre mass media, como autor e organizador do livro “Estudos sobre os Jornalistas Portugueses”(ICS). Ao fim da tarde, o ponto será dele. O contra-ponto fica para Pacheco Pereira e Adelino Gomes. A entrevista é de José Pedro Frazão.

- De que é feito hoje o BI profissional do Jornalista ?
- Retrata um profissional multifacetado, muitas vezes polivalente. Dedica-se às linhas tradicionais do jornalismo - imprensa, rádio e televisão - e vai prolongando as suas capacidades numa forte interacção entre os novos media e os media tradicionais do século XX.

- E eles estão preparados para esses desafios?
- Creio que simultaneamente estão e não estão. Não vejo razões para que uma profissão – seja ela qual for – seja comandada apenas pelo exterior. Nenhuma profissão deve ser comandada por uma revolução que vem do exterior. Ou uma revolução ideológica, por exemplo, aos níveis dos métodos de gestão. Não estamos a imaginar, por exemplo, uma revolução tecnológica alheia à prática médica e adoptada pelos médicos sem um período de incubação, de discussão. Acontece que hoje em dia os jornalistas estão no centro do furacão…

- Nunca deixaram de estar…
- …certo mas, a aceleração é extraordinária desde os últimos 20 anos. O ritmo da revolução tecnológica acelerou e não há terrenos seguros no nosso tempo. Desse ponto de vista, os jornalistas estão diante de encruzilhadas extremamente difíceis. Se, do ponto de vista ético, eu creio que estariam preparados, do ponto de vista técnico têm que estar sistematicamente a remodelar capacidades.

- Mas a ferramenta ética não é a mais importante e decisiva?
- Sim, mas a sua missão ética, de serviço público está sistematicamente a ser...

- Torpedeada ?
- … é uma boa palavra, apropriada à avalanche de transformações que vêm, não só pela revolução digital, mas também pelas sinergias entre a revolução digital e as orientações de gestão. É uma revolução permanente de tal ordem que os jornalistas têm muitas dificuldades em se situar confortavelmente.

Estudos sobre os jornalistas portugueses disse...

"Há uma necessidade social de existir jornalismo", diz José Luis Garcia

- Não é também condição do jornalismo manter culturas próprias de profissão, para melhor enfrentar uma revolução digital?
- É. E é uma marca do nosso tempo, em toda a cultura, a dificuldade de preservar a memória. No caso do jornalismo português, essa dificuldade é acrescida porque desenvolveu o seu processo de profissionalização, durante muitas décadas, em circunstâncias de ausência de liberdade de expressão, até 1974. Depois, em 74-76 tivemos anos extremamente turbulentos, com um processo de partidarização muito grande no seio do jornalismo. Depois a profissão começa a profissionalizar-se, a aumentar a sua formação, com uma componente mais jovem e feminina, levando a um certo amadurecimento da profissão. Acontece que, sobretudo nos finais dos anos 80/90, esta revolução digital começa a varrer das próprias redacções muitos dos profissionais mais antigos. E também a varrer as tradições muito rapidamente, ao ritmo da mudança tecnológica e das novas formas de gestão extremamente agressivas na captação de audiências, de vendas, de públicos. Essa função fundamental do jornalismo – preservar a memória das comunidades - vai desdobrando-se ao ritmo da velocidade vertiginosa do nosso tempo, das modas, dos fluxos, da espuma dos dias.

- Na escala social, os jornalistas estão a perder importância?
- Não podem perder mas pode ser que estejam a perder, conjunturalmente.

- Quais são os sinais disso?
- Não podem perder por uma razão muito simples. Na nossa sociedade, as formas de comunicação são transversais ao conjunto da vida social ou dos pequenos grupos. Perante uma tamanha explosão da comunicação, terão que existir profissionais competentes para fazer a selecção dessa informação.

- Ou seja, nem todos podem ser jornalistas…ou o famoso jornalista-cidadão?
- O famoso jornalista cidadão, é, em grande parte, um mito, senão um slogan. Só um profissional com capacidades cognitivas técnicas e uma missão ética pode fazer a triagem, a disseminação e a discussão necessária perante uma panóplia de informação que hoje em dia existe.
Mas acresce outra questão. Os jornalistas não existem porque existem os media ou por auto-criação. Os jornalistas existem porque há uma necessidade social de existir jornalismo. Em sociedades de grande expansão urbana, industriais e pautadas pela cultura moderna, o jornalista é o profissional que trabalha e dissemina a informação, promovendo a discussão em sociedades que não têm outra possibilidade sem o trabalho de um jornalista. É um trabalho absolutamente essencial para a vida pública, como o trabalho de um médico é essencial para a saúde pública. Não depende da plataforma técnica onde se situe. O trabalho do jornalista depende de uma necessidade social e é absolutamente imprescindível. Eu não vejo de que forma pode ser substituído por qualquer outro tipo de actividade profissional mais ou menos próxima.

Estudos sobre os jornalistas portugueses disse...

http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=96&did=61905

- Contudo está a descer na escala social?
- O que ocorre é que, com esta explosão das novas tecnologias, nós estamos diante de uma avalanche de informação em que há a tentação de prescindir dos jornalistas para confiar noutros tipos de profissionais e de processos. São os homens e mulheres das agências de comunicação, da informática, do marketing e da publicidade, que começam a ter uma importância muito grande e a circundar todo o terreno anteriormente dominado pelos jornalistas.

- Outros chamariam a isso pressões…
- Podíamos chamar-lhe pressões, constrangimentos ou condicionamentos… estas novas ocupações passaram a ter muitíssima importância nas grandes empresas de comunicação. Começam a ter nas suas direcções não apenas antigos jornalistas, mas profissionais de outras formações, que passaram a dirigir o empreendimento jornalístico ao arrepio da missão ética que o jornalismo tinha incrustado. Desse ponto de vista, os jornalistas parecem estar a perder importância nos conglomerados de comunicação. O declínio dos grandes jornais parece ser um sintoma muito importante deste processo e então podemos dizer que há realmente, conjunturalmente, uma perda da sua importância social.

- Falemos de novos desafios relacionados com o jornalismo actual. No momento actual, vivemos crises de saúde pública que estão a ser tratadas pelos jornalistas. Estará a comunidade jornalística portuguesa – quer na sua formação, quer no seu quotidiano – preparada para lidar com a incerteza que a própria ciência inscreve e a fronteira que, muitas vezes, trava com o alarmismo?
- Não creio que esteja muito bem preparada. Mas também não creio que a sociedade o esteja. As sociedades modernas estão convencidas que é possível controlar os acontecimentos através de mais ciência, mais tecnologia. Isso não é verdade. A condição humana - até a condição do mundo natural -é pautada pela imprevisibilidade, pela contingência.
Quando se dão calamidades, catástrofes ou se avizinham certos perigos, com surpresa, as sociedades vêem diante de si, novamente, a incerteza que julgavam estar domesticada com a sua capacidade científica ou tecnológica. Portanto, a sociedade não está preparada. Há uma oscilação sistemática entre movimentos de euforia ( pelas supostas capacidades de controlo oferecidas pela ciência e pela tecnologia) e de pânico ( em relação ao que aconteceu nas bolsas, na crise financeira, ou ao que aconteceu, por exemplo no 11 de Setembro). Pânico com o que pode acontecer com casos de saúde pública como a actual gripe do vírus H1N1. Desse ponto de vista, seguramente também os jornalistas não estão completamente preparados. Mas isso assinala uma questão extremamente importante: a necessidade de uma formação contínua na profissão jornalística.
O jornalismo é uma profissão aberta, que tem que lidar com o conjunto das facetas do mundo social: saúde, criminologia, segurança militar, ambiente, as questões da vida social, a política, a cultura.
Ora o que ocorre é que, nas questões da saúde, também as mudanças são muito grandes e os conhecimentos são muito variados. E o jornalismo – nesta área como noutras – necessita de uma ligação do mundo do conhecimento, das academias com o mundo profissional, o que não ocorre da forma mais intensa que deveria ocorrer.
Temo que, à medida que esta gripe se vai alastrando e expandindo, possamos assistir a muita não-informação fidedigna, desinformação, alarmismo escusado e outras tendências deste tipo

PS: candidatos a deputados aprovados dia 24 disse...

PS: candidatos a deputados aprovados dia 24

Listas devem ter «luz verde» em Comissão Política, marcada na sexta-feira

Os candidatos a deputados do PS devem ser aprovados dia 24 de Julho em Comissão Política, disse fonte da direcção dos socialistas à agência «Lusa».

O calendário foi avançado na reunião da sexta-feira passada entre José Sócrates e os presidentes das federações do partido, disse a mesma fonte à Lusa. O objectivo é decidir as listas de deputados antes das férias de Verão.

Entre os dias 20 e 23 deste mês, a maioria das comissões políticas federativas dos socialistas reúne-se para escolher os candidatos a deputados.

Pelas regras do PS, as federações distritais propõem à Comissão Política Nacional cerca de dois terços dos nomes, sendo o outro terço quota do secretário-geral dos socialistas.

Apesar de a maioria dos presidentes das federações do PS contactados pela agência Lusa considerar encerrada a questão da proibição das duplas candidaturas à Assembleia da República e às autarquias, esta decisão, tomada na sexta-feira, está a gerar alguma tensão em várias federações socialistas do país, sobretudo em Aveiro, Porto, Coimbra, Santarém e Viseu.

Proibição de duplas candidaturas incomoda


Dirigentes do PS contactados, esta terça-feira, pela agência Lusa contestam a altura tardia em que a decisão de proibir duplas candidaturas foi tomada, apanhando de surpresa candidatos autárquicos cujo principal objectivo era permanecerem no Parlamento por mais uma legislatura.

De acordo com estes mesmos dirigentes, o coordenador autárquico do PS, Miranda Calha, nos meses anteriores, não deu sinais de que as duplas candidaturas poderiam mais tarde ser proibidas pela direcção.

Alegre pede renuncia de eurodeputadas

Contactado pela agência Lusa, Miranda Calha recusou-se a fazer qualquer comentário sobre o assunto, alegando estar ausente do País, em Bruxelas.

Ex-campeão de rali vai concorrer à presidência da FIA disse...

Ex-campeão de rali vai concorrer à presidência da FIA


Campeão mundial de rali na temporada de 1981, o finlandês Ari Vatanen anunciou que irá concorrer à presidência da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) nas eleições marcadas para outubro. Até agora, ele é o único candidato a sucessor de Max Mosley.

"Neste momento, estou consultando os clubes membros da FIA e tenho sentido uma resposta positiva deles", comentou Vatanen à agência Reuters. "Acho que chegou o momento de uma mudança. Gostaria de tentar, apesar de não ter certeza da vitória", declarou.

Presidente da entidade que rege o automobilismo mundial desde 1993, Max Mosley fez a promessa não concorrer à reeleição quando conseguiu convencer todas as equipes a disputarem o Mundial 2010 da Fórmula 1, no mês passado. Ele, porém, tem dado sinais de que pode não honrar a sua palavra.

A eleição na FIA é feita por um Conselho formado por 219 clubes oriundos de 130 países ao redor do mundo.

Estado investe 20 milhões no Jamor disse...

Estado investe 20 milhões no Jamor

O secretário de Estado do Desporto acompanhou terça-feira a Comissão Parlamentar da Educação numa visita ao Estádio Nacional, mostrando as obras de requalificação do espaço dos últimos quatro anos, num investimento de cerca de 20 milhões de euros.

Em declarações à agência Lusa, o secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias, disse que “o resultado da obra, que ronda um investimento entre os 15 e os 20 milhões de euros, está à vista”.

“Desde um espaço para o desporto de alto rendimento e o desporto para todos - aquilo que queremos é que estas duas vertentes possam coexistir”, explicou Laurentino Dias, acrescentando que é “um espaço que merece ser visitado por todos”.

Questionado sobre as críticas de degradação do espaço de um grupo de utilizadores apelidado de Amigos do Estádio Nacional, que se têm oposto à construção de um novo Campo de Golfe no Complexo Desportivo do Jamor (CDJ), o secretário de Estado do Desporto sublinhou que essa obra “só vai servir para beneficiar as populações”.

No fim da visita, o presidente da Comissão Parlamentar da Educação e da Ciência, António José Seguro, disse, em declarações à Lusa, que “é gratificante ver um projecto que tem como preocupação as pessoas”, acrescentando que, no entanto, “ainda existe muito para fazer”.

A Comissão Parlamentar visitou o complexo de piscinas, o estádio de honra, as obras do campo de golfe, o parque urbano, os campos de jogos, as zonas dedicadas ao atletismo, ao râguebi e ao tenis, o parque aventura, o centro de estágio e a zona de tiro com arco.

Madaíl em Espanha para avançar com candidatura ao Mundial disse...

Madaíl em Espanha para avançar com candidatura ao Mundial

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol partiu esta manhã para Espanha com o objectivo de criar um fundação que será responsável pela elaboração da candidatura conjunta ao Mundial 2018.

"O que é prioritário é constituir uma Fundação que é o que vamos tratar hoje. A Fundação servirá como base para a elaboração do dossier de candidatura", afirmou Gilberto Madaíl à Antena 1 à partida para Espanha.

O presidente da FPF afirma que a decorrer estão também estudos encomendados a Universidades para perceber a viabilidade do projecto de candidatura: "Temos de esperar pelos resultados dos estudos que mandamos fazer em Universidades para depois estes serem apresentados aos Governos. Só a partir daí será dado o passo em frente ou não".

A transferência de Ronaldo para Madrid na opinião de Madaíl "poderá vir a contribuir muito" para a candidatura conjunta.

"Se pudermos aproveitá-la, aproveitá-la-emos", concluiu o dirigente federativo.

Cesária Évora abre o palco à Lusofonia disse...

Cesária Évora abre o palco à Lusofonia

Um espectáculo com a Cesária Évora, no dia 10 no Santiago da Barra, lança a Expo-Feira do Livro de Viana do Castelo, numa edição em que a Lusofonia tem um destaque maior, explicou a Vereadora da Cultura durante a apresentação do certame que decorre entre 11 e 26.
Com o Jardim Público lotado pelos 60 stands, mais 10 que no ano transacto, esta edição apresenta 80 editoras e 26 livreiros, a "Festa do livro" tem-se afirmado como uma das melhores pelas vendas de literatura infanto-juvenil.

U.M. autor de blogue disse...

Professor viu recusado renovação do contrato

Universidade do Minho reavalia caso do docente autor de blogue

O Conselho Científico do Instituto de Educação e Psicologia (IEP) vai analisar, dentro de duas semanas, a recusa de prolongamento do contrato que liga Daniel Luís, autor do blogue Dissidências, e a Universidade do Minho (UM).

O docente — que há um ano e meio encerrou o blogue humorístico Dissidências por alegadas pressões da direcção do departamento a que está ligado — viu ser-lhe recusado o pedido para a renovação por mais um biénio do vínculo que o ligava à universidade. A decisão foi tomada numa reunião do Conselho do Departamento de Sociologia da Educação e Administração no dia 17 de Junho, mas ainda não é definitiva.

De acordo com Carlos Estêvão, que preside ao departamento associado ao IEP, o Conselho Científico do instituto terá agora que ratificar a decisão. O assunto consta da ordem de trabalhos da próxima reunião daquele órgão, que está marcada para o dia 15 de Julho. O Conselho Científico pode assim viabilizar a renovação de contrato de Daniel Luís.

O professor continua a fazer contactos para evitar cair no desemprego no início de Setembro. Daniel Luís pediu uma audiência com carácter de urgência ao reitor da UM. A reunião com Guimarães Rodrigues deve acontecer durante a próxima semana, tendo em vista a discussão. O docente vai discutir um pedido de mudança de departamento e tentar sensibilizar o responsável máximo da universidade para uma situação que já considerou ser um reflexo do diferendo mantido com o Departamento de Sociologia de Educação nos primeiros meses de 2008.


Afinal, o contrato com o professor poderá ser renovado

funeral de Michael Jackson disse...

Ultimam-se os preparativos para o funeral de Michael Jackson

a portugalmusica.com.pt faz uma sentida homenagem ao grande mas grande canto e grande mas grande bailarina CLIK AQUI E VEJA A homenagem QUE A PORTUGALMUSICA FEZ

1 milhão de pessoas marcarão presença naquele que já é considerado o último adeus mais mediático de sempre

Michael Jackson
Reuters
O Staples Center de Los Angeles foi o local escolhido para a derradeira homenagem ao 'Rei da pop', Michael Jackson. A homenagem terá lugar hoje ao final da tarde, por volta das 18h, e espera-se cerca de um milhão de pessoas nos arredores do estádio, sendo que apenas 17 500 - que conseguiram o bilhete através de um sorteio na internet - estarão no interior.

A cerimónia, cujo recinto já recebeu reforço policial, a fim de garantir que a segurança do local, será transmitida pelas televisões de todo o mundo, já que foram acreditados 20 mil órgãos de comunicação para acompanhar o evento.

Contudo, a família do cantor organizou uma despedida privada, que decorrerá por volta das 16h, no cemitério Forest Lawn, na qual marcarão presença apenas os familiares e amigos mais próximos.

Depois, segundo um porta-voz da família, no Staples Center de Los Angeles actuarãoMariah Carey, Stevie Wonder, Jennifer Hudson, Usher e John Mayer, entre outros.

“A crise está na cabeça das disse...

“A crise está na cabeça das
pessoas”

disse recentemente um dos maiores críticos Portugueses.
Afinal andamos todos a criar e a imaginar a nossa própria
crise, andamos todos a aprofundar a nossa própria depressão.
O Mundo vai bem, Portugal ainda melhor e a crise.. essa.. é
apenas uma mera questão de tempo, organização e pensamento
positivo!
Nada que o aproximar do Verão e das merecidas férias não deixe
no esquecimento. Nada que uma boa festa portuguesa não
apague.
Neste mês de Junho, celebramos mais uma vez o Dia de Portugal e
das Comunidades Portuguesas, o dia de Camões, o dia de todos
nós Portugueses.
Este feriado que teve origens aquando da Proclamação da República, é
celebrado um pouco por todo o mundo onde um de nós, portugueses, se
encontre. E nada melhor para o fazer do que ouvindo uma música nacional
e comendo uns bons petiscos que só em Portugal bem se fazem.
A época de festas e concertos já começou. Já se fazem ouvir os nossos
artistas portugueses por estes palcos suíços.
Apesar da afluência a estas festividades não ser tanta como foi em dias,
ainda sabe muito bem ouvir uma boa música portuguesa e dançar um
bom “bailarico”.
Enquanto não chega a altura de dançar no baile lá da terra, vamos aproveitar
o Baile aqui nesta terra!

TERRAS DE LANHOSO disse...

ESTE BLOGUE É UM AUTENTICO JORNAL.
O MELHOR QUE TEM OS BLOGUES, INFORMACÃO E TRANSPARÊNCIA.

Ino de Portugal e Suas Bandeiras disse...

Bandeiras de Portugal

D. Afonso Henriques (1143-1185)
Segundo a tradição, durante as primeiras lutas pela Independência de Portugal, D. Afonso Henriques teria usado um escudo branco com uma cruz azul, a exemplo de seu pai, o Conde D. Henrique, cujas armas eram simbolizadas pela cruz em campo de prata.

D. Sancho I (1185-1211),
D. Afonso II (1211-1223),
D. Sancho II (1223-1248)
Nesta época, as armas reais eram representadas por cinco escudetes de azul em campo de prata, dispostos em cruz, os dos flancos deitados e apontados ao centro. Cada escudete era semeado com um número elevado e indeterminado de besantes de prata. Sobre a origem e simbolismo destes escudetes existem muitas teorias. Segundo as duas mais conhecidas, os escudetes aludem às cinco feridas recebidas por D. Afonso Henriques na Batalha de Ourique ou às cinco chagas de Cristo.

D. Afonso III (1248-1279),
D. Dinis (1279-1325),
D. Afonso IV (1325-1357),
D. Pedro (1357-1367),
D. Fernando (1367-1383)
Com D. Afonso III as armas do reino receberam uma bordadura de vermelho, semeada com um número indeterminado de castelos de ouro, escolhida em lembrança do avô, D. Afonso III de Castela. A tendência de fixação de números, frequente em heráldica, levou a uma estabilização do número de besantes dos escudetes em cinco, dispostos dois, um, dois.

D. João I (1385-1432),
D. Duarte (1433-1438),
D. Afonso V (1438-1481)
As armas reais, durante este período, eram de prata, com cinco escudetes de azul dispostos em cruz, os dos flancos deitados e apontados ao do centro. O semeado de besantes no escudo fixou-se definitivamente no número de cinco, dispostos em aspa. É desta época que se conhecem as primeiras referências designando os escudetes por «quinas». Tinha também uma bordadura de vermelho semeado de castelos de ouro e sobre ela as pontas da cruz verde floretada da Ordem de Avis.

D. João II (1481-1495)
D. João II mandou que fossem retirados das armas reais os remares de flor-de-lis e que se colocassem verticalmente as quinas laterais no escudo. A bordadura de vermelho manteve-se semeada de castelos de ouro, embora a tendência do seu número fosse de sete ou oito nas bandeiras usadas na época.

D. Manuel I (1495-1521),
D. João III (1521-1557)
No reinado de D. Manuel I, as armas reais foram fixadas em fundo branco. Tinham ao centro o escudo português com uma bordadura de vermelho carregada de sete ou oito castelos de ouro e sobre ele foi colocada uma coroa real aberta. A forma do escudo diferiu nos dois reinados. Enquanto D. Manuel predominava o escudo rectangular com a parte inferior terminado em cunha, no reinado de D. João III acentuou - se a forma rectangular com o fundo redondo - o chamado escudo português.
O mesmo aconteceu quanto ás quinas que acompanharam aquelas formas.

Ino de Portugal e Suas Bandeiras disse...

Bandeiras de Portugal

D. Sebastião (1557-1578),
D. Henrique (1578-1580),
Governo dos Filipes (1580-1640), Reis de Espanha
No final do reinado de D. Sebastião a coroa que figurava sobre o escudo foi substituída por uma coroa real fechada. Nas bandeiras desta época figuravam inicialmente coroas fechadas dispondo de um ou de três arcos à vista. Mais tarde passaram a ter os cinco arcos à vista, os quais se conservavam até ao fim da monarquia. O aparecimento da coroa fechada relacionava-se com o reforço de autoridade do poder real. Durante o Governo dos reis espanhóis, o escudo português não sofreu alteração, uma vez que as armas dos dois países se mantiveram sempre separadas.

D. João IV (1640-1656),
D. Afonso VI (1656-1683),
D. Pedro II (1683-1706),
D. João V (1706-1750),
D. José (1750-1777),
D. Maria I (1777-1816),
D. Pedro IV (1826),
Regências (1826-1828),
D. Miguel I (1828-1834)
Na aclamação de D. João IV, a bandeira branca com o escudo nacional, encimado pela coroa real fechada com os cinco arcos em vista, constituiu o símbolo da Restauração. Embora neste período a bandeira não tenha sofrido alterações significativas, no reinado de D. João V, o escudo foi modificado com uma fantasia ao gosto da época, terminando o bordo inferior em bico de arco contracurvado e a coroa passou a conter um barrete vermelho ou púrpura.

D. João VI (1816-1826)
No reinado de D. João VI foi colocada por detrás do escudo uma esfera
armilar de ouro em campo azul, simbolizando o reino do Brasil, e sobre
ela figurava uma coroa real fechada. Após a morte do Rei a esfera armilar foi retirada das armas, remetendo-se o símbolo real à expressão anterior,
em que algumas das versões usaram um escudo elíptico, com o eixo maior na vertical.

D. Maria II (1834-1853),
Regência (1853-1855),
D. Pedro V (1855-1861),
D. Luís (1861-1889),
D. Carlos (1889-1908),
D. Manuel II (1908-1910)
O decreto da Regência em nome de D. Maria II, de 18 de Outubro de 1830, determinou que a Bandeira Nacional passasse a ser bipartida verticalmente em branco e azul, ficando o azul junto da haste e as Armas Reais colocadas no centro, assentando metade sobre cada uma das cores.

Após a instauração do regime republicano, um decreto da Assembleia Nacional constituinte datado de 19 de Junho de 1911, Publicado no Diário do Governo nº141, do mesmo ano, aprovou a Bandeira Nacional que substituiu a Bandeira da Monarquia Constitucional. Este decreto teve a sua regulamentação adequada, publicada no diário do Governo n.º 150 (decreto de 30 de Junho).
A Bandeira Nacional é bipartida verticalmente em duas cores fundamentais, verde escuro e escarlate, ficando o verde do lado da tralha. Ao centro, e sobreposto à união das cores, tem o escudo das armas nacionais, orlado de branco e assentado sobre a esfera armilar manuelina, em amarelo e avivada de negro.
O comprimento da bandeira é de vez e meia a altura da tralha. A divisória entre as duas cores fundamentais deve ser feita de modo que fiquem dois quintos do comprimento total ocupados pelo verde e os três quintos restantes pelo vermelho. O emblema central ocupa metade da altura da tralha, ficando equidistante das orlas superior e inferior.

Agora Hino!

Titulo da Mensagem do dia disse...

"Somos donos de nossos atos, mas não donos de nossos sentimentos, Somos culpados pelo que fazemos, mas não somos culpados pelo que sentimos;
Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos...
Atos são pássaros engaiolados,
sentimentos são pássaros em voo".
Mário Quintana

| José Maria Medina Ferraz |

Privado recepção de rádio e televisão disse...

A recepção de rádio está a ser anunciado, mesmo se você tiver um carro. No entanto, o carro é tratado como se elas são anunciadas já foram declarados os dispositivos presentes no seu agregado familiar.
A taxa inclui também a taxa de licença de radiodifusão televisiva?
Não, as taxas de televisão e estações de rádio são cobradas separadamente. Se você usar o rádio que a televisão deve anunciar ambos. (ver tabela de honorários)
Você deve pagar a taxa, mesmo se você usar somente a TV como uma tela de vídeo e / ou computador jogos?
Todos os aparelhos que permitem que você receba transmissões digitais estão sujeitas a taxas. Não é suficiente para remover a antena ou ligar o aparelho à rede de cabo. A unidade não deve ser anunciada somente se eles não têm qualquer infra-estrutura para a recepção de (antena parabólica, antena, ligar o cabo de rede, internet).
Com o meu telemóvel walkman e pode ouvir o rádio. Tenho a anunciar a receber programas de rádio?
Sim, a legislação federal prevê a obrigação de registo para qualquer pessoa com um dispositivo técnico capaz de receber programas. No entanto, porque as taxas são pagas por família, uma vez que o anúncio, você pode utilizar qualquer número de equipamentos para recepção de rádio. A taxa deve ser paga uma única vez.
Com o meu telefone Eu posso ver televisão. Tenho a anunciar para a recepção de programas de TV?
Sim, se você pode receber programas de televisão digital no padrão DVB-H (TV móvel) é apresentado para pagar os honorários. Continua, no entanto, de ser isento do pagamento da taxa de recepção de televisão no telemóvel streaming (EDGE / UMTS), porque a qualidade de recepção dos programas, não é comparável à oferecida pelos tradicionais recepção equipamento.
Tenho um computador com acesso à Internet. Tenho de registar-se para receber rádio e televisão?
A lei estipula a obrigação de registo para qualquer pessoa com um dispositivo técnico capaz de receber programas. (Do ponto de vista jurídico não importa que o usuário os benefícios dos programas ou não).
Uma vez que as royalties são pagos por agregado, e não por aparelho, você provavelmente já registrados para a recepção de programas e, portanto, não deve fazer qualquer coisa para o computador. No entanto, se não houver outros equipamentos fora do computador, tem a obrigação de registo se todas as seguintes condições forem preenchidas.

Privado recepção de rádio e televisão disse...

o agregado familiar tem um RDIS ou em banda larga (por exemplo, ADSL, cabo);
software (por exemplo Mediaplayer, Realplayer) permite a recepção.
TV privada recepção:


o agregado familiar tem uma ligação de banda larga (por exemplo, ADSL, cabo);
software (por exemplo Mediaplayer, Realplayer) permite a recepção;
do agregado familiar tenha entrado em uma taxa de inscrição para a recepção de televisão, ou está registrado com um fornecedor para o livre acesso a elas.
Recebidos pelo computador e da Internet as empresas, clique aqui.
Além de conectar o cabo de rede também tem que pagar taxas recepção?
A ligação à rede por cabo e receber royalties não têm nada em comum. A oferta da rede de cabo é baseado em um contrato de direito privado, assinado com os gestores da rede de cabo. Em contrapartida você recebe em casa programas com uma qualidade específica. Os honorários recebidos são devidos à Confederação Suíça por alguém com um rádio e / ou capaz de receber programas de televisão.

Para mais informações, visite www.swisscable.ch
Porque tenho que pagar royalties se olha apenas um programa no estrangeiro através da antena parabólica?
A taxa é paga ao governo federal uma vez que os programas são recebidos. A forma em que são recebidas não importa.
Temos de pagar royalties, mesmo que você não receber os programas SRG SSR?
Independentemente dos programas recebidos, quer através de cabo, satélite ou antena de interior, bem como a frequência de recepção, a obrigação de pagar royalties, mesmo que haja apenas a receber a partir de programas de radiodifusão estrangeiras.

SC Braga de Zurique - Epoca 2009 / 2010 disse...

Epoca 2009 / 2010

GRUPO 4 ( 4° LIGA)



US AVELINO ZURIGO
BENFICA CLUBE DE ZURIQUE
NK HADUK
S.C.BRAGA DE ZURIQUE
FC ITALIA DE ZURIGO
FC KOSOVO
LAFÕES CLUBE PORTUGUES
CCD LAUTARO-CHILE
SVA MEGAS ALEXANDROS
FC NEUMÜNSTER
SPORTING CLUBE DE ZURICH



Estas são as equipes que vão jogar entre si, na época que se segue, nos quais estão inseridas 4 equipas portuguesas.


NOTA: Gostariamos que acompanhacem todos aqueles jogos que, estejam ao vosso alcance, para tornar a equipa e os jogadores mais sensiveis ao projecto que propusemos, as vitórias e porque não a subida...

Sporting Clube de Braga de Zurique

Albulastrasse 40 - 8048 - Zürich

Lúcio Sousa 079 691 88 08
Jorge Sousa 078 624 83 61

‘Este PS é amorfo, cinzento e vai pagar factura pesada’, diz Narciso Miranda disse...

‘Este PS é amorfo, cinzento e vai pagar factura pesada’, diz Narciso Miranda

Em entrevista ao SOL, Narciso Miranda, candidato independente à Câmara de Matosinhos, diz que é «muito novo para calçar pantufas» e sair da política. E considera que «a forma como este Governo do PS actuou foi desastrosa»

Um confronto entre facções locais do PS nas europeias de 2004, que terminou com a morte por paragem cardíaca de António Sousa Franco, o cabeça-de-lista, levou ao seu afastamento da vida política e da presidência da Câmara de Matosinhos. Narciso Miranda recandidata-se agora contra o PS, que já o ameaçou com a expulsão. E, apesar de socialista «de alma e coração» não poupa o partido, o Governo e José Sócrates.

O que motiva a sua recandidatura à Câmara de Matosinhos?
Saí em 2005 com a convicção de que o projecto ia continuar e, eventualmente, ser aprofundado. Ora, nada disso aconteceu nos quatro anos seguintes e os resultados foram desastrosos. Outra razão, e porventura a mais importante: senti um apelo de militantes do PS do concelho, um apelo de uma franja muito significativa do eleitorado socialista de Matosinhos e um apelo genérico dos matosinhenses.

O que fez nos últimos quatro anos?
Cidadania. Não parei. Esse talvez tenha sido o erro grave do aparelho do PS, ter pensado que eu ia calçar as pantufas. Pensavam que era fácil anestesiar-me. Mas sou demasiadamente irreverente e irrequieto. E muito novo para calçar pantufas.

Porque não abraça outros projectos?
Tenho uma grande paixão por Matosinhos. Amo Matosinhos. Como diria António Guterres, que foi a pessoa que mais admirei no PS depois de Mário Soares, as pessoas para mim são de carne e osso. Isto em Matosinhos está acima da média.

Confusões como a que aconteceu no passado na Lota de Matosinhos, com a guerra entre apoiantes, podem repetir-se em 2009?
Não queria falar no assunto porque sou a única vítima dessa situação.

Como são as suas relações com o PS?
Sou socialista de alma e coração. O PS é uma grande instituição, mas parte da sua classe dirigente construiu, nos últimos três anos, um partido amorfo, cinzento, sem ideias. Naturalmente, quando se caminha por esta via, abre-se caminho para a mediocridade. A factura vai ser pesada, já se começam a sentir os seus contornos. Nas europeias, tivemos o primeiro sinal. Vamos ter outros nas legislativas e nas autárquicas.

O que ditou a derrota do PS nas europeias?
Foi castigado pela forma como actuou. Globalmente a governação foi positiva, mas a forma como actuou foi desastrosa. Afrontou tudo e todos. Começou internamente: alguns dirigentes afrontaram históricos do PS, pessoas que deram parte da sua vida ao partido e tentaram condicionar a sua intervenção dentro do PS. Depois, foi o castigo por um certo autoritarismo, pela arrogância e por uma atitude prepotente, de quem se julga dono da verdade. Se alguém critica, paga a factura. Foi a derrota deste modelo e deste estado de espírito, que não foi exclusivamente da responsabilidade de Sócrates.

Anónimo disse...

O ISAVE é uma fraude. Cheio de dividas. Uma vergonha.

IN, Castelo de Lanhoso disse...

Sexta-feira, Julho 10, 2009

AQUI ESTÁ A RESPOSTA...

Ainda me lembro muito bem de ter denunciado a ilegalidade cometida pelo executido do Dr. Tinoco de Faria, em 2003, ao adjudicar a revisão do PDM a uma empresa em que um dos sócios era o então Chefe de Divisão de Obras Particulares da autarquia. Fi-lo nas páginas do extinto jornal "Castelo de Lanhoso". De uma forma pública, frontal e descomprometida.
Passados 6 anos o jornal "Público", diário de referência nacional, pega no mesmo assunto (para visualizar os textos em tamanho real clique em cima das imagens) e dá-lhe honras de destaque na sua secção "local" do dia 5 do corrente mês de Julho. Concede-lhe, também, os "apupos" da última página (como então "brindei" o Dr. João Tinoco de Faria...). A grande diferença é que quando denunciei esta promiscuidade não tinha provas desse ilícito. As circunstâncias, hoje, são bem diferentes. Porque a IGAL considerou a adjudicação inválida com base em denúncias de tráfico de influências e prevaricação.
Tenho lido alguns comentários publicados no jornal Terras de Lanhoso em que os colunistas mostram ter uma "curiosidade perversa" relativamente ao ponto de situação da revisão do PDM. Parte da resposta está neste trabalho da autoria do jornalista José António Cerejo. Clarinha como a água.
Só por má fé é que um ex-vereador do Partido Socialista pode apontar o dedo ao executivo de Manuel Baptista, responsabilizando-o pelo atraso na revisão deste documento. Porque ele até sabe que o actual executivo fez aquilo que tinha a fazer. Seguiu as propostas dos inspectores da IGAL, propostas essas que foram homologadas pelo Secretário de Estado da Administração Local, Eduardo Cabrita. Não fora a "precipitação" do ilustre causídico Dr. João Tinoco de Faria e hoje esse documento estratégico de planeamento já estaria aprovado. Mas, na altura, "outros valores se alevantaram" e a coisa deu no que deu... O mais estranho é que o ex-Presidente da Câmara não se lembre de uma coisa tão primária como a identificação das razões que estiveram subjacentes à opção pela adjudicação por "ajuste directo" em detrimento do "concurso público", conforme a lei obriga...
Do texto publicado no "Público" permito-me transcrever, para este espaço de opinião, o seguinte extrato: «"Perplexa" foi como se declarou a consultora da IGAL que subscreveu o parecer jurídico relativo ao relatório dos inspectores. A IGAL contesta a legalidade da "constituição de uma sociedade por um funcionário municipal a exercer funções dirigentes (chefe da Divisão de Licenciamento de Obras Particulares), com o confessado fim de concorrer a um procedimento de contratação que sabia que iria ser lançado pelo município no qual exercia funções, bem como a participação, como elementos integrantes da equipa, de funcionários a exercerem funções no município" em áreas de "conexão estreita" com a revisão do PDM».
A consultora da IGAL confessou-se "perplexa" perante a ilegalidade cometida pelo então Presidente da Câmara Municipal, Dr. João Tinoco de Faria. E você?

IN, Castelo de Lanhoso disse...

Copie e CLIK - Veja a notícia do Público DOMINGO 05 de Julho de 2009

http://2.bp.blogspot.com/_4zoUKOPQLWw/SlUugT9Z_sI/AAAAAAAAEjg/6DQxAL_cuV8/s1600-h/PDM-P%C3%9ABLICO.jpg

Zangam-se as comadres, descobrem-se verdades... disse...

Zangam-se as comadres, descobrem-se verdades...

Tirar o pano e pôr tudo à descoberta, doia a quem doer.
As verdades tem que vir ao de cima, sabe-se que mais tarde ou mais cedo tudo se sabe e o castigo deve ser feito.
Estas palavras não são só dirigidas ao Dr. João Tinoco, mas à sociedade em geral.
Pensem antes de as cometer, depois será tarde para voltar atrás.
Não pensem que o poder ou o Rei que trazem na barriguinha dura sempre, esta é para você caro leitor.
Beijinhos.

http://casadasagras.blogs.sapo.pt/ disse...

O que importa é o poder. O poder pelo poder. O resto são tremoços.

Lurdes Coelho disse...

"Por favor pense na sua responsabilidade ambiental antes de imprimir este email. Lembre-se que a soma de muitos contributos pequenos faz certamente diferença."

- Não fotocopie, o valor poupado em papel contribui para um ambiente mais saudável e de mais valia arvoristica. Dá com certeza na poupança de papel, dar uma esmola a um pobre para poder comer um pão e um copo de leite.

in, AVANTE! PÓVOA DE LANHOSO disse...

Os dias não estão fáceis para os jovens portugueses.

Esta é a geração que querem sem “direitos”.

Para quem já não há empregos para a vida, e a educação foi transformada num investimento pessoal, para quem viver na casa dos pais até tarde dá mais jeito, e ter filhos muito depois dos 30 anos é uma decisão madura, para quem o voluntariado é a nova grande causa, e as manifestações são coisa do passado.
Esta é a geração que só conheceu a política de direita.
Mas “Política de Direita” não é retórica da CDU!É a acção concreta de sucessivos governos na desfiguração da Constituição de Abril e na negação e destruição dos direitos do povo português.
É o caminho escolhido do desperdício de recursos, da energia e da força criadora da juventude, é a irracionalidade dos mais de 200 000 jovens atirados para o desemprego no momento em que se encontram no auge das suas capacidades.
33 Anos de alternância sem alternativa, 33 anos de políticas anti-democráticas e anti-juvenis ora de governos PS, ora de governos PSD com ou sem o CDS.33 Anos de dança das cadeiras sempre com a mesma música de fundo: baixos salários, contratos a prazo, trabalho temporário, falta de apoio à constituição de família e à habitação, desemprego, que atinge cerca de 20,3% dos jovens; uma escola orientado exclusivamente para a formação profissional de banda estreita, que não estimula o gosto pela cultura, pela crítica, o desenvolvimento da capacidade racional e analítica, a inteligência e a criatividade.Esta é a geração que cresceu com a liquidação das conquistas de Abril.

in, AVANTE! PÓVOA DE LANHOSO disse...

“Medidas Urgentes para a Juventude”,

Para quem é difícil acreditar que em Portugal existiu Ensino Superior Público sem propinas, que um contrato de trabalho efectivo era regra e não excepção, que o direito a ter uma casa para viver e ser independente não demorava décadas, que não se pagava para ir a uma urgência de saúde.Mas esta geração também sabe que não está condenada ao desemprego, à precariedade, ao abandono escolar, e contra tudo isto milhares de jovens lutaram nos últimos quatro anos.Esta geração sabe que tem direito, e está disponível para construir uma vida melhor, e que esse caminho só é possível com a CDU e o seu reforço.Para a CDU, os problemas da juventude são os problemas do país.
E por isso enquadramos a política de juventude no cenário mais amplo da política económica e social.
Aos muitos jovens descontentes dizemos que a esperança nasce da luta contra aqueles que têm usado o Estado e a confiança dos portugueses para satisfazer interesses próprios, interesses privados, nacionais e estrangeiros.
Porque a CDU, confiante na força criadora da juventude, compreende a ruptura com esta política como a única saída para a realização dos seus direitos e aspirações.Já esta semana a Juventude CDU divulgou as “Medidas Urgentes para a Juventude”, das quais destacamos:A valorização da avaliação contínua, e o fim dos exames nacionais do Ensino Secundário e Básico;Uma Nova Lei de Financiamento do Ensino Superior – Fim das propinas;A revogação do Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior – Pela participação democrática dos estudantes, não à “empresarialização” da Escola Pública;A passagem a efectivos de todos os trabalhadores que desempenham funções de carácter permanente – Fim do trabalho precário;Alargamento dos critérios de acesso ao subsídio de desemprego e prolongamento do período de atribuição;A criação de um Plano Público de Habitação que assegure o direito à habitação a todos os jovens, e o estabelecimento pela Caixa Geral de Depósitos de 0,5% como valor máximo de spread nos empréstimos à habitação;Estas propostas são elementos de uma política mais vasta de ruptura e de mudança tão necessária ao país.
Uma nova política de esquerda que, vinculada aos valores de Abril e à Constituição da República, garanta uma vida melhor aos portugueses, num país mais justo, desenvolvido e soberano, e garanta a efectivação dos direitos da juventude e a realização dos seus sonhos e aspirações.Por isso nos dirigimos aos jovens portugueses e dizemos que “Contigo, construímos a alternativa!”.

CLIK/COPIE e veja artigo:

http://www.cdu.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=445&Itemid=1

Piada do dia disse...

Piada do dia

Para quem não sabe é a Lurdes, isto nem tem grande piada, mas tenho que explicar que a Lurdes tem uns trinta e poucos anos, é uma figura conhecida daqui da Póvoa. Esta verdadeira "pintas" está convencida que é Jornalista, aliás ela tem a certeza que é uma grand,a Jornalista de metro e meio, também diz que é fã do Zé e do Quelhas. Toda a gente adora ouvir a Lurdes e os seus escritos, somos todos fãs dela… Não sabiam? Ah pois somos! Esta à parte, a afirmação foi ouvido num telefonema auscultado, feito por um técnico para uma brincadeira de apanhados.

Arquivo do Blogue

Imagens

Loading...

Linda Póvoa

Loading...

(Mensagens antigas)

POR FAVOR, PARA VER TODOS OS TEXTOS, CLIC NO FIM DE CADA PÁG. (Mensagens antigas)